23.8 C
Serra
quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Agora é Lei | Está proibido uso de fogos de artifício com barulho na Serra

Leia também

Nuvem com aparência de tornado chama atenção entre Vitória e Serra

Uma nuvem com um formato diferente sobre o mar na Ponta de Tubarão, perto da divisa entre Vitória e...

Mesmo com 11 mil infectados pela Covid-19 na Serra, ruas de Laranjeiras ficam lotadas

Com menos da metade da população respeitando as medidas de isolamento social em meio à pandemia causada pelo coronavírus,...

Idoso é atropelado na Serra após se desequilibrar e cair na rua

Um idoso morreu na Serra na noite da última quarta (5) após cair e ser atropelado por um caminhão....
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A lei prevê ainda multa de R$ 2 mil para quem infringir a regra. Foto: Divulgação

Agora é lei. Está proibido na Serra o uso de fogos de artifício que façam barulho, seja em eventos públicos ou particulares. O Projeto de Lei do vereador Miguel da Policlínica (sem partido) foi aprovado na Câmara de Vereadores da Serra no último dia 18 de dezembro e sancionado pelo prefeito Audifax Barcelos (Rede) no dia 2 de janeiro deste ano. A publicação foi feita no Diário dos Municípios na última segunda (13).

A Lei nº 5.151, de 02 de janeiro de 2020 proíbe o transporte, armazenamento, comercialização e o manuseio de fogos e artefatos explosivos pirotécnicos sonoros em qualquer estabelecimento comercial de Serra, e também a utilização, queima e soltura de fogos e artefatos pirotécnicos sonoros em locais públicos e privados, abertos ou fechados.

Também prevê multa de R$ 2 mil, valor que pode ser dobrado na primeira reincidência e quadruplicado a partir da segunda reincidência.

A lei não proíbe o uso de fogos na cidade, artefatos que não façam o barulho poderão ser usados. Segundo Miguel, a Lei visa o bem estar de idosos, doentes, bebês, crianças e animais que sofrem com os estouros e estampidos. “É para comemorar. Quem possui animais em casa é testemunha do terror que os fogos de estampido e similares representam aos animais, inclusive tais pessoas passam das datas festivas em casas, principalmente Réveillon, para minimizar o estresse dos bichos. Além disso tem as pessoas que estão internadas em hospitais. Tudo é estresse para eles”, relato Miguel.

Ele frisa que a ideia é acabar com a poluição sonora e não com os fogos com efeitos visuais, que trazem luzes e cores e não produzem estampidos. “Os fogos de artifício visuais, sem barulho, podem ser utilizados normalmente”.

Confira a Lei na íntegra:

 

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Mesmo com 11 mil infectados pela Covid-19 na Serra, ruas de Laranjeiras ficam lotadas

Com menos da metade da população respeitando as medidas de isolamento social em meio à pandemia causada pelo coronavírus, a Serra já registrou mais...

Idoso é atropelado na Serra após se desequilibrar e cair na rua

Um idoso morreu na Serra na noite da última quarta (5) após cair e ser atropelado por um caminhão. O acidente aconteceu, em Porto...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!