24.7 C
Serra
sábado, 18 de janeiro de 2020

100 homens do Exército já estão no Espírito Santo

Leia também

Novo surto de dengue | Confira a ‘Charge do TN’ desta semana

Um aviso emitido pelo Ministério da Saúde deixou diversos municípios capixabas em alerta, inclusive a Serra. Isso porque 11...

Poesia e música no Centro Cultural, em São Diogo, neste sábado

Neste sábado (18), às 18 horas, acontece a primeira edição do Sarau do Beco do Centro Cultural Eliziário Rangel,...

Prazer, sou doutor – Confira ‘O Nó da Gravata’ desta sexta

A coluna 'O Nó da Gravata' é escrita pela repórter de política, Maria Nascimento. Os textos são publicados...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O grupo deve chegar a Colatina nos próximos instantes. Foto: Divulgação
O grupo deve chegar a Colatina nos próximos instantes. Foto: Divulgação

Já estão nos Espírito Santo os 100 homens do Exército, liberados pelo Governo federal a pedido do governador Paulo Hartung (PMDB) para auxiliar na logística na distribuição de água e apoio nas ações de segurança no município de Colatina. O objetivo é garantir a normalidade da cidade, que será impactada pela lama oriunda do rompimento de barragens em Mariana (MG) e que atingiu o Rio Doce em ambos os estados. Os militares não têm data para deixar o município.

Os soldados chegaram na manhã deste domingo ao Estado, onde ficaram no 38° Batalhão da Infantaria, em Vila Velha, e de lá seguiram para Colatina, onde devem chegar no final da manhã para dar início à força-tarefa. A tropa foi preparada e está sob os cuidados do coronel Edson Hiroshi, comandante do 38° BI. Eles devem organizar a distribuição de água mineral e a construção de poços artesianos. O grupo também vai auxiliar nas ações nos municípios de Baixo Guandu e Linhares, outros da região Noroeste do Estado e que serão impactados com a lama que desce o Rio Doce.

Além dos militares, viaturas, várias cisternas de água com capacidade para 12.500 litros serão enviadas para a região afetada, beneficiando aproximadamente 123 mil pessoas, na operação que abrangerá uma área de 1.416.804 km2.

As informações são da assessoria de imprensa do Governo do Estado, neste domingo.

 

 

Comentários

Mais notícias

Poesia e música no Centro Cultural, em São Diogo, neste sábado

Neste sábado (18), às 18 horas, acontece a primeira edição do Sarau do Beco do Centro Cultural Eliziário Rangel, em São Diogo. O evento...

Prazer, sou doutor – Confira ‘O Nó da Gravata’ desta sexta

A coluna 'O Nó da Gravata' é escrita pela repórter de política, Maria Nascimento. Os textos são publicados todas as sextas-feiras na edição...

Acabou o tempo de Audifax | Leia o editorial do Tempo Novo

Por Yuri Scardini  Está marcado para logo após o Carnaval (final de fevereiro) a revelação do prefeito Audifax Barcelos (Rede) sobre o escolhido para defender...

Apocalipse das águas | Leia o editorial do Tempo Novo

Por Bruno Lyra Estudo do pesquisador Ângelo Fraga Bernardino, do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), confirmou a contaminação crônica por...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!