26.7 C
Serra
terça-feira, 30 novembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Vidigal anuncia programa para castração e recolhimento de cães e gatos no município

Leia também

Direitos Humanos | Serra vai ter mutirão para retificação de gênero e de nomes de pessoas trans

No dia 10 de dezembro se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.  E na Serra vai ter uma...

Prefeitura vai reforçar iluminação em bairros da Serra com extensões de rede

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Serviços (Sese), anunciou que sete bairros da Serra vão ganhar reforço...

ES terá audiências públicas para mostrar diagnóstico de ações para reduzir riscos de inundações

Ao longo dos meses de dezembro deste ano e janeiro de 2022, o Governo do Estado, discutirá a macrodrenagem...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O município irá investir R$ 2 milhões no programa. Foto: Divulgação

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, anunciou na tarde desta sexta-feira (15) que está criando, por meio da secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, um amplo programa de assistência ao animal. Nele, constarão serviços de castração, operações, recolhimentos de animais em situação de maus-tratos e abrigo.

O prefeito já havia anunciado em suas redes sociais a volta dos serviços no dia 20 de julho deste ano. Na ocasião, ele se comprometeu a retornar com os serviços em 60 dias.

“Vamos criar nosso departamento de bem estar animal inclusive fazer o atendimento desde a esterilização até outras ações importante que possam garantir o bem estar desse animal. Estamos reafirmando nosso compromisso já está em fase de termo de referência, de licitação, e a expectativa nossa é que no mais tardar em até 60 dias estaremos fazendo credenciamento da clinicas para podermos atender essa população animal que está instalada no município da Serra”, disse o prefeito na época.

No entanto, o município não informou quando os serviços referentes ao programa começarão a funcionar e nem como funcionará para o morador cadastrar seu animal no programa de castração. As informações serão divulgadas posteriormente pela Prefeitura.

Para desenvolver esta estrutura, foi reservado no orçamento o valor de R$ 2 milhões. O projeto já foi discutido no Conselho de Bem-Estar Animal e segue tramitação no setor de licitações da prefeitura.

Além dessas contratações, na reforma administrativa que será enviada à Câmara de Vereadores, está prevista a criação da Diretoria de Bem-Estar animal com todas as atribuições inerentes a essa gerência, vinculada também à Sedur/Semma. Cargo já criado e publicado no Diário Oficial.

“É um processo de estruturação histórico. A prefeitura nunca teve isso. Vamos conseguir prestar um amplo atendimento para a causa animal. Agora, isso leva um tempo. Trabalhamos ainda com o orçamento de 2020 e já nos estruturamos para, em 2021, estar com tudo pronto para começar os atendimentos”, declarou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Claudio Denicoli.

Código de Bem-Estar Animal

Também está em revisão o Código de Bem-Estar Animal da Serra, com especificações típicas do que é considerado maus-tratos. “Vamos capacitar os fiscais de meio ambiente e conseguiremos, também, disponibilizar laudos veterinários atestando possíveis maus-tratos”, afirmou Denicoli.

 

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!