23.2 C
Serra
terça-feira, 22 de setembro de 2020

“Verde e amarelo foi apelativo”, diz vice prefeita da Serra

Leia também

Quer emprego? Sine da Serra abre 166 novas vagas de trabalho nesta terça

Com oportunidades para diversas profissões, a terça-feira (22) chegou recheada de novas vagas de emprego no Sine da Serra....

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou,...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Por Anderson Soares

Grupo de moradores da Serra no protesto de domingo (15) na Praça do Papa em Vitória. Foto: Reprodução Facebook
Grupo de moradores da Serra no protesto de domingo (15) na Praça do Papa em Vitória. Foto: Reprodução Facebook

A vice-prefeita Lourência Riani (PT) comentou as manifestações pacíficas que reuniu milhares de pessoas em diversos cantos do país, no último domingo (15), para protestar contra as ações do governo, a corrupção e pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Em Vitória, a Policia Militar disse que cerca de 100 mil manifestantes se concentraram na Praça do Papa em Vitória, num protesto que só não foi maior do que o da Avenida Paulista em São Paulo, onde a estimativa foi de 1 milhão de participantes.

Vice-prefeita Lourência Riani (PT). Foto: Reprodução Facebook
Vice-prefeita Lourência Riani (PT). Foto: Reprodução Facebook

A vice-prefeita disse que não ficou surpresa com o número de pessoas. Segundo ela, as cores da bandeira nacional adotada pelos mobilizadores para convidar as pessoas em postagens nas redes sociais foi um elemento apelativo.

“Vermelho é a cor do nosso partido. O verde e amarelo são as cores da bandeira do Brasil e é bastante apelativo para a sociedade”, analisa Lourência.

Além disso, ela declarou que a maioria das pessoas que foram as ruas são pessoas com alto poder aquisitivo e que votaram no projeto de Aécio Neves (PSDB) nas eleições de 2014.

Sobre a difícil relação entre Dilma e o Congresso Nacional, a petista disse que a presidente terá que dialogar mais.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou, nesta segunda-feira (21), o "negacionismo"...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!