• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.308 casos
  • 701 mortes
  • 33.807 curados
26.6 C
Serra
sábado, 23 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.308 casos
  • 701 mortes
  • 33.807 curados

Vandinho cobra o funcionamento do Hospital Materno Infantil

Leia também

Serra ultrapassa as 700 mortes por coronavírus e já registra 35.308 casos

A Serra já registra mais de 35.308 casos confirmados e 701 mortes causadas pelo coronavírus. As informações foram divulgadas...

ES vai receber 35,5 mil doses da vacina exportada da Índia e menos de 2 mil serão da Serra

Após fracassadas tentativas de trazer a vacina de Oxford ao Brasil, o governo federal conseguiu viabilizar, juntamente com a...

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Vandinho quer agilidade na inauguração da unidade. Foto: Tati Beling

O deputado estadual Vandinho Leite (PSDB) quer agilidade na resolução do impasse envolvendo o Hospital Materno Infantil, que fica localizado na Serra. Inaugurado há cerca de dois meses, a unidade hospitalar, que conta com uma estrutura para o atendimento de até oito mil gestantes, por mês, ainda não realizou nem um parto sequer.

Conforme informado pelo TEMPO NOVO, um imbróglio se formou no entorno da sua tão esperada inauguração do Materno Infantil. Isso porque, ao contrário do que vinha sendo dito pela Prefeitura da Serra, o Governo do Estado afirmou que ainda não assumiu, oficialmente, a gestão da maternidade. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a transferência de patrimônio e gestão da unidade entre o Município e a Sesa ainda não foi efetivada.

Vandinho criticou a situação e cobrou agilidade na inauguração do hospital. “É importante que o Estado e a prefeitura cheguem a um consenso sobre quem administrará o Hospital. E isso precisa acontecer o mais rápido possível. A população conta com uma estrutura, mas não está fazendo uso dela, por conta desse impasse”, disse o parlamentar.

+ Estado desmente Prefeitura da Serra e diz que ainda não assumiu Materno Infantil

A afirmação da Secretaria de Saúde, concedida com exclusividade à reportagem, na manhã desta segunda-feira (23), desmente a administração municipal que dizia já ter entregue o Materno Infantil para gestão do Governo do Estado. Além de necessitar de diversas licenças para concretizar, de fato, a transferência, o Estado afirma que adequações estruturais terão que ser feitas na estrutura e equipamentos e mobiliários precisarão ser comprados para que, após isso, o hospital seja inaugurado.

Esses detalhes já haviam sido adiantados pelo jornal no dia 19 de agosto. Conforme foi noticiado, a maternidade será integrada ao “Complexo Hospitalar Dr. Jayme dos Santos Neves”, composto pelo hospital em Morada, e agora, também pela unidade construída pela Prefeitura da Serra. De acordo com a Sesa, o evento ocorrido no dia 26 de setembro não foi de inauguração da unidade, mas para assinatura do protocolo de intenções entre Governo do Estado e Prefeitura de Serra, visando a transferência de patrimônio e gestão da unidade para a Sesa.

O desejo de entrega do Município ao Estado ocorre por conta do custo anual que o hospital irá gerar. Serão aproximadamente R$ 100 milhões – valor este semelhante ao gasto total para construção do Materno Infantil. Desde antes da finalização das obras, havia dúvidas de como a gestão de Audifax iria colocar a maternidade para funcionar, uma vez que esse custeio seria muito alto. Por isso, o Município propôs ao Governo do Estado para que a gestão do novo hospital fosse estadualizada. O pedido foi aceito pelo governador Renato Casagrande (PSB).

No dia 26 de setembro, Casagrande esteve presente no evento de entrega das obras. Na ocasião, a Prefeitura da Serra afirmou que estava realizando a transferência de patrimônio. Mas a informação repassada pelo Governo do Estado era de que o governador apenas assinou um protocolo de intenções entre Governo do Estado e Prefeitura de Serra. Outras autoridades municipais e estaduais também participaram da entrega das obras.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!