25 C
Serra
sábado, 25 de janeiro de 2020

Vale diz que reduz em 93% a poluição atmosférica até 2023

Leia também

Câmara da Serra pode ganhar mais um vereador

Nova decisão da Justiça vai promover alterações na Câmara da Serra. O juiz substituto Leonardo Mannarino Teixeira Lopes, da...

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O representante da Vale falou sobre as estratégias da empresa para reduzir a emissão de pó preto. Foto: Ales

Em reunião da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, o gerente ambiental da mineradora Vale, Romildo Fracalossi, disse que a meta da empresa é reduzir em até 93% a emissão de poeira na atmosfera até 2023 e refere-se à quantidade de pó emitido pela empresa desde 2010, na Grande Vitória.  A Vale opera no Complexo de Tubarão.

Segundo Fracalossi, para que o objetivo seja alcançado, a proposta é evitar a queda de material, diminuindo a geração de emissões fugitivas. Havendo queda, impedir o arraste de poeira pelo vento, enclausurado os equipamentos. A meta estimada pela empresa é a emissão de 1,5 grama de poeira por tonelada de produto movimentado nos píeres. Em 2010 a Vale tinha emissão de 21 gramas a cada tonelada. 

Durante a reunião, as informações repassadas pela Vale foram contestadas pelo presidente da ONG SOS ES Ambiental, Eranylton Moreschi. Ele disse que as informações precisam de esclarecimentos e comprovação. Ele propôs que a empresa reduza, de fato, em 85% a emissão de pó preto. E caso a meta não seja cumprida, que reduza a produção até que alcance a meta de 85%. Os questionamentos foram encaminhados à Vale, que deve se pronunciar por escrito, e à Comissão de Meio Ambiente, presidida pelo deputado Rafael Favatto (Patri). 

Comentários

Mais notícias

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município capixabas. E as alterações se...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará para os participantes exames de...

Chuvas | Serra antecipa limpeza de bueiros e valas

Áreas de instabilidade se intensificaram sobre o mar e avançaram para o Espírito Santo espalhando nuvens carregadas sobre algumas regiões do estado próximas do...

Cinquenta voluntários da Serra vão ajudar na limpeza de Iconha

Muitas doações de produtos de limpeza, alimentos e roupas estão chegando ao município de Iconha, devastado por chuvas que atingiram o sul do Espírito...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem