Uma centena de policiais retira invasores de área de 2 milhões de M² na Serra

0
Uma centena de policiais retira invasores  de área de 2 milhões de M² na Serra
Policias retiram invasor de um lote

Uma pequena constelação de policiais, pouco mais de uma centena, foi mobilizada na manhã desta terça-feira (16) para cumprir uma ordem judicial de reintegração de posse de um terreno que foi invadido entre o bairro Jardim Carapina e a rodovia do Contorno.

Os policiais chegaram a usar bombas de efeito moral para dispersar as pessoas que insistiam em permanecer no local, dividido em lotes familiares de cerca de 240 metros quadrados cada.  Um helicóptero deu suporte à ação, e tratores foram utilizados para derrubar as precárias tendas e barracas que foram montadas.

“Assim que der a gente volta para a área porque não temos lugar para morar”, disse um sem teto que pediu para não ser identificado. Já Maria de Lourdes, moradora de André Carloni, disse que havia entre os invasores pessoas conhecidas. “Tem gente participando que tem casa própria”, disse.

Os ocupantes delimitaram os lotes com fitas, arames, cordéis e afixaram em cada um deles placas improvisadas com os nomes do “responsável” ou da família.

Conforme a oficial de Justiça, Juliana Câmara, as primeiras iniciativas da invasão foram no último dia 6 de agosto. DSC02480

“O terreno é de 2 milhões de metros quadrados, sendo 4 km de frente à rodovia do Contorno, entre Jardim Carapina e o condomínio Alphaville, com aproximadamente 500 metros de fundo”, detalhou a oficial da Vara Cível da Serra.

Foram quatro mandados judiciais expedidos em favor de Carlos Lima Construtora, Vix Consultoria Imobiliária, Espólio de José Nunes e Maria da Penha Nunes Pereira, e Jaime Larica.

Foram mobilizados policiais do Batalhão de Missões Especiais, Cavalaria, Choque, além das Polícias Rodoviária Federal e Estadual.

Durante a invasão, parte da vegetação foi impactada com o corte de árvores, e a Polícia Ambiental estará avaliando a extensão dos danos.

DSC02459 editada I
Cada lote tem cerca de 240 m² e recebeu a identificação da familia
Comentários