Três mortes e 79 pacientes com suspeita de supergripe na Serra

0
Três mortes e 79 pacientes com suspeita de supergripe na Serra
Cidade já registrou três mortes pela doença em 2019. Foto: Arquivo TN

Quase 80 moradores estão com suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave, a supergripe, na Serra. Dados da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) mostram que três pessoas morreram pela doença na cidade e outros 14 casos foram confirmados, além dos 79 suspeitos que estão em investigação.

Conforme divulgado pelo TEMPO NOVO, na semana passada, eram 75 moradores com suspeita da doença e 11 casos confirmados. Isso mostra que em aproximadamente sete dias, foram quatro casos suspeitos e três confirmados a mais. Segundo a Sesa, quatro casos foram por H1N1, destes um óbito e nove casos de H3N2 e destes dois óbitos. Também foi confirmado um caso de Influenza B.

Vale destacar que o município, assim como outras cidades brasileiras, não está mais realizando a imunização dos moradores através de vacina. Isso porque o Ministério da Saúde só fornece doses para a imunização durante a Campanha de Vacinação para os grupos prioritários – que acabou em maio. Com isso, deve acontecer outra campanha somente em 2020.

> Vacina contra sarampo em bairros da Serra neste sábado

De acordo com a Sesa, o município não pode informar dados sobre os pacientes doentes ou aqueles que foram a óbito.  A Prefeitura disse, por meio de nota, que a campanha deste ano foi considerada “boa” e atingiu a meta de 90% da população vacinada, mas não informou a quantidade de moradores que foram vacinados.

Comentários