20 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Terreno em frente DPJ não será mais depósito de carros apreendidos, afirma Bruno Lamas

Leia também

Deputado defende redução de gastos do Governo com publicidade

A Assembleia Legislativa endereçou ao Governo do Estado Indicação 927/2020 para que  apenas realize despesas com publicidade e propaganda...

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o...

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

O terreno fica ao lado do Terminal de Laranjeiras. Foto: Gabriel Almeida

A área nobre em frente ao terminal do Transcol de Laranjeiras vai deixar de ser usada como ‘depósito’ de carros apreendidos. Quem garante é o secretário estadual Bruno Lamas (PSB). O terreno é de propriedade do Governo do Estado e faz parte do complexo do terminal. No entanto há alguns anos vem sendo utilizado para depositar os carros apreendidos pela polícia civil. Além das recorrentes reclamações da comunidade, já houve também registros de furtos e roubos nos veículos estacionados no local.

“Encontramos a solução para esse problema. Os carros vão ser retirados e recolocados no pátio do Detran. Fizemos duas reuniões semana passada para resolver o problema da dificuldade de guincho e aprovamos uma ata em conjuntos com vários órgãos, o objetivo é limpar a área e depois cercar, para inibir que o terreno volte a ser utilizado dessa forma inadequada”, disse Bruno.

O secretário detalhou que a falta de guinchos foi dinamizada e a partir de agora o guincho da Polícia Civil, da Sesp (Secretária de Segurança Pública) e de uma empresa credenciada vão poder fazer o transporte dos veículos apreendidos até pátio central do Detran em Campinho da Serra.

O secretário esteve no local e acompanhou o início da retirada dos veículos. Foto: Divulgação

Além disso, de acordo com Lamas, a Prefeitura irá cercar o terreno e encaminhar os custos da ação para a Ceturb que é a responsável do terreno. “Recebi essa garantia direta do prefeito Audifax, existe uma lei municipal que regulamenta casos como esses”. Segundo o deputado licenciado, a retirada dos veículos é importante uma vez que o problema “denigri a imagem da Serra”, além de oferecer “risco de doenças, de acidentes e de assaltos”.

A reportagem demandou a Polícia Civil para confirmar a retirada dos veículos e a Prefeitura da Serra para confirmar a intenção de cercar o terreno. Assim que houve resposta será atualizado aqui.

Comentários

Mais notícias

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o líder comunitário local, Anderson Muniz....

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão disse em sua denúncia que...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!