21.1 C
Serra
domingo, 25 de outubro de 2020

Setembro Verde quer conscientizar famílias sobre doação de órgãos

Leia também

‘Friozinho’ com comida boa e lazer nos restaurantes do agroturismo da Serra neste domingo

Domingo é dia de relaxar com a família, mas, em dias chuvosos, não dá pra ir em qualquer lugar....

Atenção motoristas! Trechos da Norte Sul estão com grande acúmulo de água na Serra

Os motoristas que precisarem passar pela Norte Sul, na Serra, devem ficar atentos com alguns pontos de possíveis alagamentos....

De novo! Fortes chuvas causam alagamentos em trechos da BR-101 na Serra

O fim de semana está sendo de chuva forte para vários municípios capixabas, incluindo a Serra. E na cidade,...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

De acordo com dados da Central Estadual de Transplante do Espírito Santo, atualmente 1.000 pessoas esperam por rim, 301 por córneas, 28 precisam de um fígado e quatro aguardam um coração. Foto: Agência Brasil

Nesta terça-feira (01), tem início a campanha “Setembro Verde”. Com tema “Espalhe amor! Um coração solidário salva vidas”, o objetivo da ação é conscientizar e estimular a população sobre a importância de ser um doador de órgãos e poder salvar diversas vidas.

De acordo com os dados da Central Estadual de Transplante do Espírito Santo, atualmente 1.333 pessoas aguardam na fila para receber um órgão. Desses, 1.000 esperam por rim, 301 por córneas, 28 precisam de um fígado e quatro aguardam um coração.

Em 2019 foram realizados 447 transplantes no Estado. De janeiro a agosto do mesmo ano foram 295 transplantes. Já em 2020, houve uma queda nos números, contabilizando 160 transplantes até o momento.

A coordenadora da Central Estadual de Transplantes do Espírito Santo (CET-ES), Maria Machado, relata que um dos fatores que levam à baixa no número de transplantes é a recusa da família.

“Apesar do número de notificações de pacientes em morte encefálica não ter sofrido impacto significativo durante esse período de pandemia da Covid-19, nós enfrentamos a questão da recusa dos familiares, que apresentou um aumento preocupante”, afirmou a coordenadora.

Atualmente o índice de recusa é de 56,92%. Isso significa que de janeiro a agosto de 2020, 65 famílias foram entrevistadas, sendo que 37 recusou a realização da doação de órgãos. Já no mesmo período do ano passado, a porcentagem era de 53,93%, quando 89 famílias foram entrevistadas, com recusa de 48 famílias.

Abordagem à família

Para ser doador de órgãos não é necessário realizar cadastro. A pessoa deve apenas informar a família sobre o seu desejo.

Maria Machado explica que após o protocolo ser finalizado e o diagnóstico de morte encefálica ser confirmado, uma equipe multidisciplinar acolhe os familiares e informam da possibilidade da doação.

“Após o diagnóstico confirmado, a equipe multidisciplinar acolhe os familiares em ambiente propício, esclarecendo o significado de morte encefálica e abordando sobre a possibilidade da doação dos órgãos. Quando os familiares optam por doar os órgãos, o processo se inicia na Central de Transplantes, com exames específicos, gerando a lista dos pacientes compatíveis e comunicação com os hospitais transplantadores para avaliação dos pacientes receptores e agendamento dos procedimentos”, esclareceu.

Serviços transplantadores no Espírito Santo

Atualmente, são realizados no Espírito Santo transplantes de coração, fígado, rim, córnea/esclera, medula óssea autólogo e medula óssea aparentado. Existem no Estado sete serviços habilitados para realização desses procedimentos, sendo cinco deles por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e quatro particulares, no entanto, todo o processo de notificação, captação e doação de órgãos é feito pelo SUS, de forma gratuita.

– Hospital Meridional: coração, fígado e rins;

– Hospital Evangélico de Vila Velha: coração, rim e córnea;

– Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam): córnea;

– Centro de Cirurgia Ocular do Espírito Santo (Cecoes): córnea (procedimento por convênio particular);

– Instituto de Olhos do Espírito Santo (IOES): córnea (procedimento por convênio particular);

– Instituto Oftalmológico Santa Luzia: córnea (procedimento por convênio particular);

– Hospital Mata da Praia: córnea (procedimento por convênio particular).

Já os bancos de olhos que realizam a captação de córneas estão localizados no Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam), que realiza a captação de córneas em Vitória, e no Hospital Evangélico de Vila Velha, que faz a captação de córneas nos demais municípios do Espírito Santo.

Programação – Setembro Verde

Devido a pandemia de Covid-19 enfrentada em todo o Brasil, as atividades da campanha Setembro Verde serão realizadas em formato on-line. Os eventos são voltados à toda população, especialmente para profissionais da saúde.

Data: 01/09

Horário: 09 horas

Tema: Abertura das atividades do Setembro Verde

Link para acesso: https://bit.ly/32hxHTO

Horário: 09h30

Tema: “Panorama dos Transplantes do Estado”

Link para acesso: https://bit.ly/32hxHTO 

Data: 03/09

Horário: 15 horas

Tema: “Imunização no Pré e Pós Transplante”

Link de acesso: https://bit.ly/3hjhlQT

Data: 10/09

Horário: 10 horas

Tema: “Critérios para estabelecimento do diagnóstico de morte encefálica e manejo clínico do potencial doador”

Link para acesso: https://bit.ly/3j3bfVj

Data: 11/09

Horário: 15 horas

Tema: “A importância da comunicação nas situações de más notícias”

Link para acesso: https://bit.ly/3ldHyD5

Data: 14/09

Horário: 15 horas

Tema: “Condução do protocolo para diagnóstico de morte encefálica.”

Link para acesso: https://bit.ly/3hjhlQT

Data: 17/09

Horário: 15 horas

Tema: “A importância da doação de córneas na retomada pós pandemia”

Link para acesso: https://bit.ly/3j2sNky

Data: 22/09

Horário: 15 horas

Tema: “Importância da doação de órgão e os desafios frente a pandemia”

Link para acesso: https://bit.ly/3hjhlQT

Data: 24/09

Horário: 10h

Tema: “Orientações para o preenchimento de notificações de óbito e proposta de implantação do FormSUS

Link para acesso: https://bit.ly/3hns4tG 

Data: 28/09

Horário: 15h

Tema: “Gerenciamento do paciente em fila de espera para transplante renal

Link para acesso: https://bit.ly/3gmXv5T

Data: 29/09

Horário: 15 horas

Tema: “Importância da doação de córneas na retomada pós pandemia”

Link para acesso: https://bit.ly/3hjhlQT

Horário: 19 horas

Tema: “Missa de ação de graças às famílias doadoras de órgãos do Estado na Basílica de Santo Antônio, Vitória

Links para acesso: https://bit.ly/3aJab69

Data: 30/09

Horário: 15 horas

Tema: “Mesa redonda: o enfrentamento do enfermeiro de CIHDOTT no período de pandemia.

Link para acesso: https://bit.ly/3j1zbbx

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Mais notícias

Atenção motoristas! Trechos da Norte Sul estão com grande acúmulo de água na Serra

Os motoristas que precisarem passar pela Norte Sul, na Serra, devem ficar atentos com alguns pontos de possíveis alagamentos. Acontece que, em alguns locais,...

De novo! Fortes chuvas causam alagamentos em trechos da BR-101 na Serra

O fim de semana está sendo de chuva forte para vários municípios capixabas, incluindo a Serra. E na cidade, os motoristas precisam ficar atentos...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!