25.2 C
Serra
sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Serrana Deborah Medrado brilha no Pan e retorna ao Brasil com ouro

Leia também

Moradores de Barcelona inauguram árvore de natal com festa e Papai Noel

Acostumados a não ter iluminação de natal pública na comunidade, alguns moradores de Barcelona com o apoio de comerciantes...

Bolsonaro sanciona lei que aumenta saque do FGTS para R$ 998

O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou de R$...

Estado vai contratar professores em Designação Temporária com salário de até R$ 3.732

A Secretaria da Educação (Sedu) divulgou os editais com as normas do Processo Seletivo para contratação de professores em...
Vilson Vieira Jrhttps://www.portaltemponovo.com.br%20
Morador da Serra, Vilson Vieira Junior é repórter do Tempo Novo. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Esporte.

Deborah (ao centro) com suas treinadoras. Foto: Ricardo Bufolin-CBG

Para manter a tradição em Jogos Pan-americanos, o Brasil subiu ao pódio da Ginástica Rítmica em Lima, no Peru, onde acontece a maior competição das Américas. E o talento de uma serrana foi fundamental para a ginástica brasileira brilhar no Pan.

É Deborah Medrado Barbosa, de 17 anos. Ela foi a capitã da equipe brasileira de ginástica rítmica e, logo em sua estreia nessa competição, brilhou com a medalha de ouro. Foi durante a apresentação do conjunto, ao lado de Beatriz Silva, Camila Rossi, Deborah Medrado, Nicole Pircio e Vitória Guerra, que formaram a seleção brasileira que foi ao Pan.

O lugar mais alto no pódio foi na prova mista (três arcos e dois pares de maças). Deborah também garantiu dois bronzes: um na disputa de Conjunto/Geral e outra com 5 bolas. Ela mora em Aracaju, capital de Sergipe, onde treina e se prepara para as competições com a seleção brasileira de ginástica.

Apresentação da seleção no Peru. Foto: Ricardo Bufolin-CBG

“Foi uma experiência única. Sempre sonhei em participar dessa competição e ainda quando conquistei a medalha de ouro, passou um filme na cabeça. De todos os treinos, todo o esforço e que tudo valeu a pena. Um sonho que foi realizado”, comemora Deborah.

Mas se engana quem acha que o Pan já é o bastante para a ginasta capixaba medalha de ouro em Lima. Daqui a duas semanas, Deborah vai em busca de novas conquistas para o Brasil ao lado de suas companheiras da seleção.

“Temos duas copas do mundo: uma em Kazan, na Rússia, e outra em Portimão, Portugal. Depois, vem o Mundial Pré-Olímpico, que será em Baku, no Azerbaijão”, conta Deborah.

Natália Gaudio

Nas disputas da ginástica rítmica no individual, outra capixaba se destacou no Pan, em Lima. Foi a veterana Natália Gaudio. Na disputa do Individual Geral, a atleta conquistou o bronze.

Comentários

Mais notícias

Bolsonaro sanciona lei que aumenta saque do FGTS para R$ 998

O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou de R$ 500 para o valor do...

Estado vai contratar professores em Designação Temporária com salário de até R$ 3.732

A Secretaria da Educação (Sedu) divulgou os editais com as normas do Processo Seletivo para contratação de professores em Designação Temporária (DT) para atuar...

Acidente entre ônibus e caminhão deixa feridos na Serra

Na manhã desta quinta-feira (12), um ônibus e um caminhão se envolveram em um acidente na principal Avenida de Morada de Laranjeiras, na Serra....

Upa de Castelândia começa a funcionar neste domingo

Com um investimento de R$ 9 milhões, a Prefeitura da Serra vai inaugurar neste sábado (14), a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Castelândia....

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!