26.6 C
Serra
domingo, 16 de fevereiro de 2020

Serra registrou 334 casos de dengue em 22 dias

Leia também

Rede nacional diz que Serra vai ter candidato a prefeito e Audifax pode ser Governador

O Centro da Boa Convivência de Laranjeiras foi palco neste sábado (15) da Convenção Estadual da Rede Sustentabilidade. No...

Em evento concorrido, PSB confirma pré-candidatura de Bruno Lamas à Prefeitura da Serra

A Serra foi o município escolhido para o PSB do Espírito Santo dar o start oficial à sua Pr'é-campanha...

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Casos são referentes aos primeiros dias do ano. Foto: Divulgação

A dengue continua infectando moradores da Serra. Em 22 dias, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) já registrou 334 casos da doença na cidade. Os dados foram atualizados na última quarta-feira (22). Apesar dos números serem altos, foi registrada uma diminuição – em comparação ao mesmo período do ano passado, quando eram 602 casos.  Ainda não houve morte da doença este ano.

Mesmo com a diminuição, as cidades capixabas, incluindo a Serra, foram colocadas em alerta pelo Ministério da Saúde, que informou por meio de um aviso, que podem ocorrer novos surtos de dengue, igual no ano passado. De acordo com o órgão, os casos devem voltar a aumentar em março deste ano. Em 2019, foram mais de 17 mil casos e dez mortes pela doença somente na Serra.

Tentando evitar que surtos ocorram na cidade, a Prefeitura da Serra segue fazendo uma força-tarefa para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.  Segundo o Município, foram mobilizadas equipes de unidades de saúde, agentes de combate a endemias e moradores dos bairros. O objetivo é alertar e orientar sobre a limpeza de quintais e casas visando eliminar focos do mosquito.

A ação começou na última terça-feira (21) e acontece em 63 bairros, de segunda a sexta-feira, até 12 de fevereiro. Além disso, a Prefeitura afirma que continua realizando continuam as demais ações de rotina, entre elas: telagem de caixas d’água, uso de bombas costais para pulverização, visitas domiciliares, ações educacionais, aplicação de larvicida, entre outros serviços.

Este ano, foram 1 de chikungunya e 3 de zika e não houve morte por nenhuma dessas doenças. No ano passado, durante o mesmo período, eram 5 de chikungunya e 8 de zika.

Comentários

Mais notícias

Em evento concorrido, PSB confirma pré-candidatura de Bruno Lamas à Prefeitura da Serra

A Serra foi o município escolhido para o PSB do Espírito Santo dar o start oficial à sua Pr'é-campanha de 2020. Em um evento,...

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de alerta. Temem que a violência...

Feira de adoção de animais, promoções e samba agitam shopping no fim de semana

Poucas semanas antes da chegada do Carnaval, o capixaba que está à procura de preços baixos tem uma chance imperdível: o It Bazar +...

Evento de fortões em Guriri vai ter serranos participando

Neste sábado (15) vai ter Treinão Strong Show, em Guriri, às 15h, na praça Wilson Gomes, e vai ter serrano participando do evento. Um deles...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem