25.2 C
Serra
sábado, 19 de setembro de 2020

Serra já registrou nove princípios de afogamento em 2020

Leia também

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem...

Vidigal e Audifax correm atrás do PT visando tempo de TV na eleição

A possibilidade de a Justiça Eleitoral incluir a Serra na transmissão da propaganda eleitoral gratuita foi o start para...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Guarda-vidas observam banhistas em Praia de Carapebus no último dia 13 de janeiro. Foto: Bruno Lyra

Até o último dia 13 de janeiro a Serra registrou nove princípios de afogamentos em praias e lagoas da cidade. Segundo o dado mais atual disponibilizado pela Prefeitura da Serra, até o último dia 13 de janeiro nenhuma morte havia sido registrada no município. Já em 2019, foram contabilizadas 49 ocorrências de afogamentos. Segundo o Corpo de Bombeiros, oito terminaram com vítimas fatais. O número diverge com o da Prefeitura, que disse terem sido três mortes no mesmo período.

Como é verão, os casos aumentam por conta do maior número de banhistas nas praias. Por isso, quem for dar um mergulho num dos 24 km de litoral precisa ficar atento. Isto porque existem pontos que necessitam de mais atenção por oferecem maior risco de afogamento.

Em Carapebus, o perigo está próximo ao quiosque do Silva e na lagoa, quando está cheia. Já em Jacaraípe, é necessário ter atenção nos pontos conhecidos como Berro D´Água, Travessias e Baiana, devido aos buracos que se formam na água.

Em Nova Almeida, o risco é na boca do rio Reis Magos, onde há o encontro entre mar e rio.

De acordo com a Prefeitura da Serra, a principal orientação é ficar próximo aos postos dos guarda-vidas, pois mesmo locais com mar calmo podem também oferecer riscos. O município conta com 85 guarda-vidas atuando em todo o litoral da cidade

Lagoas e piscinas

Há, também, riscos em lagoas e até piscinas. Segundo o Corpo de Bombeiros os óbitos com relação a afogamentos são compilados somente quando o mês finaliza. Por meio de nota, disse ainda que em 2019 foram registrados, em Serra, oito mortes por afogamentos nas praias, lagoas e piscinas.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem foi assassinado por volta das...

Vidigal e Audifax correm atrás do PT visando tempo de TV na eleição

A possibilidade de a Justiça Eleitoral incluir a Serra na transmissão da propaganda eleitoral gratuita foi o start para uma corrida em busca do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!