17.7 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

Serra é a 2ª cidade mais cara para quem almoça fora

Leia também

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...

Segue tensão com técnicos e auxiliares de enfermagem no Jayme Santos

Não bastasse a carga de ter o maior número de doentes por covid-19 no ES pois é a referência...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Segundo pesquisa, almoçar fora de casa custa caro para o trabalhador serrano. Foto: Divulgação

A Serra é o segundo município mais caro do Brasil para quem almoça fora de casa. A afirmação é da Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT), que realizou uma pesquisa em 51 cidades no país para identificar quanto as pessoas gastam para comer fora de casa.

Em média, o gasto do trabalhador serrano para uma refeição é de R$ 43,21. O município perde nesse ranking apenas para a cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, que tem o título de almoço mais caro do Brasil: R$ 43,35 por refeição, em média. Já a capital capixaba, Vitória, está na quarta colocação, com uma refeição no valor R$ 42,54.

 

 

Confira abaixo a lista das cidades: 

Município  Média de valor
Florianópolis (SC) R$ 43,35
Serra (ES) R$ 43,21
Palmas (TO) R$ 42,79
Vitória (ES) R$ 42,54
Niterói (RJ) R$ 40,08
Vila Velha (ES) R$ 39,85
Rio de Janeiro (RJ) R$ 39,74
Santo André (SP) R$ 38,98
Campinas (SP) R$ 37,81
Barueri (SP) R$ 37,59
Média Nacional R$ 34,84
Belo Horizonte (MG) R$ 31,10
Jaboatão dos Guararapes (PE) R$ 30,91
Curitiba (PR) R$ 30,61
João Pessoa (PB) R$ 30,58
São Bernardo do Campo (SP) R$ 30,46
Manaus (AM) R$ 30,17
Nilópolis (RJ) R$ 30,16
Guarulhos (SP) R$ 29,96
Recife (PE) R$ 29,70
Diadema (SP) R$ 28,85
Comentários

Mais notícias

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

Segue tensão com técnicos e auxiliares de enfermagem no Jayme Santos

Não bastasse a carga de ter o maior número de doentes por covid-19 no ES pois é a referência hospitalar para enfrentar a pandemia,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!