Serra é a 2ª cidade mais cara para quem almoça fora

0
Serra é a 2ª cidade mais cara para quem almoça fora
Segundo pesquisa, almoçar fora de casa custa caro para o trabalhador serrano. Foto: Divulgação

A Serra é o segundo município mais caro do Brasil para quem almoça fora de casa. A afirmação é da Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT), que realizou uma pesquisa em 51 cidades no país para identificar quanto as pessoas gastam para comer fora de casa.

Em média, o gasto do trabalhador serrano para uma refeição é de R$ 43,21. O município perde nesse ranking apenas para a cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, que tem o título de almoço mais caro do Brasil: R$ 43,35 por refeição, em média. Já a capital capixaba, Vitória, está na quarta colocação, com uma refeição no valor R$ 42,54.

 

 

Confira abaixo a lista das cidades: 

Município  Média de valor
Florianópolis (SC) R$ 43,35
Serra (ES) R$ 43,21
Palmas (TO) R$ 42,79
Vitória (ES) R$ 42,54
Niterói (RJ) R$ 40,08
Vila Velha (ES) R$ 39,85
Rio de Janeiro (RJ) R$ 39,74
Santo André (SP) R$ 38,98
Campinas (SP) R$ 37,81
Barueri (SP) R$ 37,59
Média Nacional R$ 34,84
Belo Horizonte (MG) R$ 31,10
Jaboatão dos Guararapes (PE) R$ 30,91
Curitiba (PR) R$ 30,61
João Pessoa (PB) R$ 30,58
São Bernardo do Campo (SP) R$ 30,46
Manaus (AM) R$ 30,17
Nilópolis (RJ) R$ 30,16
Guarulhos (SP) R$ 29,96
Recife (PE) R$ 29,70
Diadema (SP) R$ 28,85
Comentários