Serra, 19 de agosto de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Economia

Serra, 22 de Maio de 2018 às 14:15

Serra deve atrair 50 empresas e gerar 4 mil empregos com lei que reduz burocracia


Presidente da Associação de Empresários da Serra Djalma Neto, prefeito Audifax e a secretária de Meio Ambiente Áurea Almeida: Lei foi assinada na manhã desta terça-feira (22). Foto: Gabriel Almeida

O município da Serra deve ganhar 50 novas empresas e 4 mil oportunidade de emprego nos próximos meses. Essa é a expectativa da Prefeitura da Serra, já que foi assinada na manhã desta terça-feira (22), pelo prefeito Audifax Barcelos (Rede), a Lei nº 4.800 que vai flexibilizara emissão de licenciamento ambiental para vários tipos de empreendimentos, além de permitir que o processo seja feito pela internet em alguns casos.

A lei também deve dar mais fluidez para o processo de dispensa de licenciamento, que antes demorava até 90 dias, e agora deve ser reduzidos para até dois dias. As informações foram divulgadas pelo prefeito Audifax Barcelos em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (22).

De acordo com o prefeito, a expectativa é que mais 50 empresas sejam instaladas na cidade e sejam geradas 4 mil oportunidades de emprego no município. “Essas medidas são uma forma de deixar a cidade ainda mais atrativa para a vinda de novas empresas e com isso a abertura de novos empregos na cidade”, disse.

A lei também amplia a lista de empreendimentos que podem receber dispensa de licenciamento ambiental de 63 para 152. Também participaram da coletiva de impressa, a secretária de Meio Ambiente, Áurea Almeida e o presidente da Associação de Empresários da Serra, Djalma Neto.

Áurea Almeida explicou que para o empresário realizar o pedido de dispensa de licença ambiental pela internet, basta preencher os dados no site, fazer o upload dos documentos e assinalar um termo de responsabilidade sobre a veracidade das informações declaradas. Depois da confirmação do pagamento da taxa no sistema, a dispensa será emitida.

A medida de ampliação do número de atividades passíveis de dispensa de licenciamento vale para vários tipos de empreendimentos, como o comércio varejista em geral, cerimoniais, casas de festa, cozinha industrial, farmácias, vários tipos de fábrica, alguns tipos de restaurante, entre outras.

Perguntado se essas medidas poderiam representar mais impactos ambientais, o prefeito Audifax afirmou que as ações visam diminuir o “excesso” de burocracia, e que as leis ambientais estariam “resguardadas”.

Prazo de licença ampliado

Dentro da lei também existe uma medida que contempla mais prazo para a renovação de licenças. Um exemplo disso são as empresas de rochas ornamentais antes precisavam renovar a Licença Municipal de Operação (LMO) a cada quatro anos. Agora, este prazo poderá ser estendido em até 10 anos.

A lei será publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira (23).




O que você acha ?

Os novos investimentos ambientais anunciados por Vale e Arcelor vão reduzir o pó preto?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por