• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
28.4 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados

Sergio Vidigal toma posse como prefeito da Serra e prega união entre poderes

Leia também

Após paralisação dos rodoviários, ônibus do Transcol ficam superlotados na Serra

Logo após causar transtornos na vida de milhares de capixabas, a paralisação promovida por rodoviários do sistema Transcol deixaram...

Rodoviários impedem retorno do Transcol e deixam população sem ônibus nesta terça

A terça-feira (13) começou com grandes dificuldades para quem depende do transporte público nas cidades da Grande Vitória, inclusive...

Feu Rosa registra 41 mortes e já possui 1.932 moradores infectados pelo coronavírus

Sendo uma das comunidades mais afetadas pela pandemia de coronavírus na Serra, Feu Rosa segue contabilizando altos números de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Sergio Vidigal em seu discurso de posse. Foto: Edson Reis

Sergio Vidigal (PDT) tomou posse nesta sexta-feira (1º) como prefeito da Serra. A cerimônia começou às 16h30, na Câmara de Vereadores da cidade, e aconteceu de forma presencial, mas com limitação de público. Além do Executivo municipal, os 23 vereadores e o vice-prefeito, Thiago Carreiro, participaram da solenidade.

A eleição na Serra foi decidida em segundo turno no mês de novembro do ano passado. Vidigal concorreu com o candidato Fábio Duarte (Rede) – apoiado pelo ex-prefeito, Audifax Barcelos (Rede) – e ganhou com 54,89% (111.920).

Na cerimônia de posse, não houve a tradicional “passagem de faixa”, já que o ex-prefeito, Audifax Barcelos (Rede), não compareceu ao evento. A “passagem de faixa” é uma formalidade e tradição, que foi quebrada neste ano por Audifax. Até o momento, o ex-prefeito não se manifestou publicamente sobre o motivo de não ter ido ao evento.

Vidigal tomou posse nesta sexta-feira. Foto: Edson Reis

Durante o seu discurso de posse, o prefeito da Serra destacou a importância da união de toda a cidade. Ele disse que independente da eleição, o Legislativo e Executivo precisam trabalhar juntos para garantir que a Serra avance. Também disse que irá transformar a cidade na maior economia do Estado.

Atualmente, a Serra tem o segundo maior PIB do Estado, com R$ 23,1 bilhões, atrás apenas de Vitória, que tem R$ 26,3 bilhões, segundo dados do IBGE.

“Vamos esquecer as eleições. O panorama agora é outro. Podemos ter partidos diferentes, mas quero buscar a união com esta Casa. Vou buscar o diálogo e tratarei a todos com igualdade. Até porque o orçamento é da cidade então do prefeito. Hoje somos a segunda maior economia, mas se nos unirmos seremos nos próximos dois anos a maior economia do Espírito Santo”, disse.

Vidigal também disse que seu objetivo é fazer o Município “dar um salto para o futuro” e modernizar diversas áreas, como a saúde, por exemplo.

Ainda no ano passado, logo após ser eleito, o prefeito garantiu que nos primeiros 100 dias de seu mandato, ele implantará marcação de consultas on-line, além de outros serviços como matrículas, pedido de serviços e, se possível, até atendimento do Procon da Serra pela internet.

Vereadores

Vereadores eleitos também tomaram posse nesta sexta-feira. Foto: Edson Reis

Os 23 vereadores eleitos da Serra também tomaram posse de seus mandatos nesta sexta-feira. O mandato é de quatro anos. Após isso, a sessão foi encerrada e por volta das 18h30 será iniciada a eleição da Mesa Diretora da Câmara da Serra, onde os parlamentares irão escolher quem será presidente da Casa de Leis pelos próximos dois anos. 

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!