26.6 C
Serra
terça-feira, 25 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Roda de conversa encerra Feira Cultural da Vila das Artes, em Jacaraípe, no sábado

Leia também

Filiação do senador Fabiano Contarato ao PT será virtual nesta sexta (28)

  Será de forma híbrida a filiação do senador Fabiano Contarato ao PT, neste dia 28. As informações dão conta...

Estado vai fiscalizar laboratórios privados sobre irregularidades em notificações de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) está notificando as Vigilâncias Sanitárias Municipais para procederem a fiscalização de laboratórios...

Descubra por que Bicanga tem se tornado a queridinha dos investidores

Localizada no litoral da Serra, bem perto de Manguinhos, Bicanga tem despontado como uma das regiões de investimentos de...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Foram realizadas 10 apresentações culturais e 15 oficinas artísticas no interior dos espaços culturais com público de cerca de 200 participantes. Foto: Divulgação

A Feira Cultural da Vila das Artes será encerrada neste sábado (24) com uma roda de conversa que contará com diversos convidados e agentes públicos.

A feira aconteceu na Vila das Artes, em São Francisco, em Jacaraípe, realizou nos finais de semana de novembro, com 10 apresentações culturais e 15 oficinas artísticas no interior dos espaços culturais com público de cerca de 200 participantes, enquanto que as galerias abertas à visitação tiveram um público estimado em 1.000 visitas, vai encerrar a vasta programação com uma Roda de Conversa, no dia 27 de novembro, sábado, as 14 horas, no Espaço Ecoternura, na Vila das Artes.

A programação da Roda de Conversa vai contar com os artistas e moradores integrantes da Vila e convidados e objetiva conhecer, avaliar e projetar os resultados da Feira, além de impulsionar novos projetos para a Vila das Artes.

A proposta da Feira era movimentar o cenário artístico e cultural pós período pandêmico, em que o planeta viveu um longo tempo de atividades ofertadas apenas em ambiente virtual. Com a realização da Feira, o público viveu a experiência de um momento de transição, aonde o avanço da vacinação permitiu flexibilizar algumas medidas de prevenção a Covid-19, assim atividades presenciais com no máximo de 8 participantes foram ofertadas na Feira garantindo trabalho e renda para artistas e atividades culturais gratuitas para todas as faixas etárias.

A Feira Cultural demonstrou todo o potencial criativo da Vila das Artes, movimentou a economia criativa, garantiu mídia espontânea positiva para a cidade da Serra, promoveu o intercâmbio entre artista e fazedores de cultura e incentivou os espaços culturais a buscar novas parcerias (públicas e privadas) para reiniciar a rotina anual de projetos maiores para a Vila das Artes, após um tempo pandêmico tão desafiador.

Reconhecer suas potencialidades, verificar os pontos que precisam ser melhorados e principalmente, entender como a Vila das Artes pode gerar, permanentemente, trabalho, renda e ocupação para os artistas, além de oferecer aos turistas, visitantes, em especial a própria comunidade de Jacaraípe, acesso a arte e a cultura de maneira gratuita, de qualidade, diversa, e para todos os públicos é o resultado que se espera alcançar com a realização da Roda de Conversa.

A programação da Roda de Conversa começa com um roteiro de visitação coletiva e afetiva aos ateliers e espaços culturais da Vila. Artistas, convidados e participantes terão momentos juntos e breves, para alinhar as informações a respeito de cada desses espaços, considerando que a Vila das Arte existe porque esses espaços existem, cada um com sua identidade, sua vocação, suas especificidades de linguagem, sua pesquisa material, sua estética, suas práticas artísticas, assim se consolidara, como espaços, galerias, residências e ateliês.

Vai contar com representantes da gestão pública estadual e municipal, onde o representante da Secretaria de Estado da Cultura, Vinicius Lúcio, Gerente de Espaços e Articulação Cultural, vai apresentar o recém instituído Sistema Estadual de Espaços Culturais e a Secretaria de Turismo Cultura Esportes e Lazer da Serra, que vai apresentar Programa Fortalece Turismo / Mapa Estratégico para a Gestão do Turismo na Serra, pelo próprio Secretário Municipal e vice-prefeito Thiago Carreiro.

O convite aos agentes públicos tem o objetivo de compreender de que maneira as instituições públicas podem ser provedoras, fomentadoras e incentivadoras das ações, programas e projetos que possam beneficiar a Vila das Artes enquanto um coletivo de artistas e espaços culturais que atua no cenário turístico da Serra de maneira relevante e singular.

Para ampliar a discussão e o entendimento sobre a Vila das Artes ser composta de espaços culturais independentes e como podemos realizar ações culturais e artísticas que integrem a cidade com a arte e cultura, a roda de conversa vai contar com a participação de Antônio Vítor, do Centro Cultural Eliziário Rangel, localizado no Bairro São Diogo, que vai conversar sobre a cooperativa de espaços culturais independentes e sobre ser um espaço cultural em um bairro periférico na Serra.

Programação RODA DE CONVERSA:

VILA DAS ARTES: vocação artística no cenário turístico do Município da Serra

 Data: 27 NOV/2021 (SÁBADO)

Horário: 14 às 18

Local: ESPAÇO ECOTERNURA 

PROGRAMAÇÃO 

14 h –  EXPERIÊNCIA/VISITA SENSÍVEL AOS ESPAÇOS E ATELIÊS: CONHECER E SE RECONHECER INTEGRANTE DA VILA DAS ARTES

Quem: Espaço Ecoternura, Espaço Dorarte, Atelier Arte de Viver, Cerâmica da Vila Atelier, Restaurante da Vila das Artes, Casa de Pedra e Vera Ferreira Ateliê. 

15 h- LEGADO DA FEIRA CULTURAL DA VILA DAS ARTES

Quem: Maria Marta – Espaço Ecoternura

15:30h – SISTEMA ESTADUAL DE ESPAÇOS CULTURAIS

Quem: Vinicius Fábio – Gerência de Espaços e Articulação Cultural – GEAC da Secretaria de Estado da Cultura/SECULT

16 h – COOPERATIVA DE ESPAÇOS CULTURAIS INDEPENDENTES: CULTURA E ARTE INTEGRANDO AS CIDADES

Quem: Antônio Vítor – Centro Cultural Eliziário Rangel – São Diogo, Serra

16:30 –  CAFEZINHO

 17 h – APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA FORTALECE TURISMO / MAPA ESTRATÉGICO PARA A GESTÃO DO TURISMO NA SERRA

Quem: Thiago Carreiro – Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer da Serra – SETUR/PMS

17:40 –  CONSIDERAÇÕES DOS PARTICIPANTES

 18h – ENCERRAMENTO

 Confirmação de participação Maria Marta (27) 9 9995 6731

Evento presencial limitado a 20 pessoas

É obrigatório o uso permanente de máscaras 

INFORMAÇÕES MARIA MARTA TOMÉ – PRODUÇÃO EXECUTIVA DA FEIRA CULTURAL

(27) 9 9995 6731 – [email protected]

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!