26.9 C
Serra
quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Resgate da paisagem do Brasil é tema da nova exposição da Léo Bahia Arte Contemporânea

Leia também

Emprego: empresas abrem 156 vagas com preferência para moradores da Serra nesta quinta

É morador da Serra e está procurando uma oportunidade de trabalho? Então fique atento para as chances que foram...

Bairro da região rural da Serra é o único do município com um caso de Covid-19

A Serra tem 19.386 casos confirmados da Covid-19 até a tarde desta quarta (28) e 538 óbitos em decorrência...

Jornal Tempo Novo vai divulgar pesquisa ENQUET para prefeito da Serra

Na manhã dessa quinta-feira (29), o jornal TEMPO NOVO, em parceira com a Enquet, publicará pesquisa de intenção de...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Uma das imagens que estarão na exposição. Foto: Divulgação

Em meio a notícias de incêndios que destroem as nossas matas, uma exposição de arte busca resgatar a rica diversidade natural brasileira. “Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá” é o nome da nova exposição coletiva da Léo Bahia Arte Contemporânea com os artistas Alencar Lock, João di Souza, Júlio Vieira e Reginaldo Pereira. Cada um de uma região diferente do país.

As obras retratam a paisagem com base no que os artistas trazem em suas memórias, seja nas pinturas urbanas do grafiteiro Júlio Vieira ou na pintura hiper-realista das florestas de Reginaldo Pereira. O título da exposição é uma apropriação de um dos versos da Canção do Exílio, do poeta romântico maranhense, Gonçalves Diaz (1823 – 1864) que ressalta o seu amor ao Brasil.

“Essa documentação poderá se tornar para as futuras gerações, uma pequena amostra da memória do que um dia foram o nosso Pantanal, a nossa Floresta Amazônica, do que ainda resta de nossa Mata Atlântica, de seus macacos, de suas araras, de suas bromélias e orquídeas que o Brasil teima em queimar, matar e destruir nos dias atuais e de maneira sem precedentes na história deste país”, declara o diretor da galeria, Léo Bahia.

Coletiva “Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá”
Léo Bahia Arte Contemporânea

Abertura: 22 de setembro de 2020

Visitação: de 22 de setembro a 19 de dezembro de 2020

Horário: terça a sexta, das 14 às 19 horas

Sábado das 10 às 13 horas

Rua Nestor Gomes, 160

Centro. Vitória-ES

Tel: (27) 98114-0148

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Mais notícias

Bairro da região rural da Serra é o único do município com um caso de Covid-19

A Serra tem 19.386 casos confirmados da Covid-19 até a tarde desta quarta (28) e 538 óbitos em decorrência de complicações da enfermidade. E...

Jornal Tempo Novo vai divulgar pesquisa ENQUET para prefeito da Serra

Na manhã dessa quinta-feira (29), o jornal TEMPO NOVO, em parceira com a Enquet, publicará pesquisa de intenção de voto para a prefeitura da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!