Rede Sustentabilidade tem 30 dias para garantir registro

0
Gustavo De Biase conta com filiação de Audifax Barcelos (PSB) à Rede. Foto: Divulgação
Gustavo De Biase sonha com filiação do prefeito Audifax Barcelos (PSB) à Rede. Foto: Divulgação

Por Conceição Nascimento

Com o fim do prazo para registro de novos partidos se aproximando, os integrantes do Rede Sustentabilidade estão atentos à movimentação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na expectativa de que o órgão coloque em pauta na primeira quinzena de setembro o julgamento sobre a criação da legenda.

O primeiro turno das eleições de 2016 acontece em dois de outubro (1º domingo do mês), segundo informações do TSE, e o prazo para filiação a novos partidos termina na primeira semana de outubro de 2015, um ano antes das eleições do ano que vem. É o tempo que a Rede tem para alcançar o registro.

Segundo informações da assessoria de imprensa do TSE, o processo para registro da Rede Sustentabilidade (RPP 59454) está concluso ao relator, ministro João Otávio de Noronha. “Não temos como saber quando será julgado, mas, geralmente, quando o processo está concluso ao relator, deve ser julgado em breve”, disse em nota.

“Acreditamos que a apreciação do nosso pedido de registro será marcada durante as sessões do TSE nesta semana”, disse o porta-voz da Rede no Espírito Santo, Gustavo De Biase.

O partido da presidenciável Marina Silva  deseja abrigar o prefeito da Serra, Audifax Barcelos (PSB), em suas fileiras. Já Audifax não se pronuncia sobre o assunto.

Partido Corinthiano

Segundo informações da assessoria de imprensa do TSE, atualmente existem 32 partidos registrados no Brasil, conforme pode ser conferido no link: http://www.tse.jus.br/partidos/partidos-politicos/registrados-no-tse.

Outras quatro legendas, além da Rede, aguardam a homologação, o que pode aumentar a ‘sopa de letrinhas’ da política brasileira. São elas:

Partido da Mulher Brasileira (RPP 155473)

Partido Novo (RPP 84368)

Partido Nacional Corinthiano (RPP 42851)

Partido do Servidor Público e Privado (RPP 17211)

 

Comentários