Que venha 2016

0

 

Por Audifax Barcelos

O ano de 2015 foi de grandes desafios. Mesmo assim conseguimos avançar. A Serra, como outros municípios, precisou ajustar suas contas cortando R$ 26 milhões em gastos e desburocratizando a máquina para atrair novos investimentos.

Simplificamos a aprovação de projetos na área da construção civil, implantamos o sistema eletrônico de Alvará e de Viabilidade para novos empreendimentos. Ampliamos o tempo de validade do alvará passando de um ano para três anos. Criamos o Programa Desenvolve Mais Serra que prevê descontos de até 100% em tributos e de até 50% nas taxas de licença e autorizações para investimentos em negócios.

Investimos cerca de R$ 200 milhões este ano, aproximadamente 25% de tudo o que foi arrecadado. Uma marca que nos põe em destaque no ES e no país.  Estamos construindo 14 novos Centros de Educação Infantil (Cmei), sendo que quatro já foram concluídos e dois já estão em funcionamento. Três novas escolas de ensino fundamental (Barcelona, Central Carapina e Serra Sede) também entrarão em funcionamento em 2016.

Na área da saúde, conseguimos alcançar um feito histórico: a redução do índice da mortalidade infantil que caiu de 11,85, em 2013, para 9,34, em 2014, queda de 20 %.  Esse índice se manteve em 2015. Entregamos as Novas Unidades de Saúde em Nova Carapina II e São Marcos e estamos construindo mais uma UPA  na cidade, desta vez em  Portal de Jacaraípe e será entregue em 2016.

Como incentivo ao turismo entregamos a nova Praça Encontro das Águas em Jacaraípe, um cartão postal da Serra. Estamos concluindo a dragagem e urbanização do Rio Jacaraípe, que vai prevenir enchentes e será mais um local de lazer para moradores e turistas.

Em 2016 vamos entregar mil unidades habitacionais em Ourimar e Vila Nova de Colares para famílias que estão no aluguel social, pois viviam em áreas de risco e/ou preservação, ou que perderam suas casas por conta das chuvas de 2013 e 2014. Estamos fazendo a regularização fundiária em vários bairros com a meta de beneficiar cerca de 20 mil pessoas até o fim de 2016.

Os resultados até aqui alcançados nos orgulha, pois os desafios foram potencializados pela crise econômica do país, nos deixando sem recursos financeiros.  Fomos em frente e fizemos muito com os nossos próprios recursos, sabemos que ainda há muito o que fazer.  Com planejamento e gestão é possível alcançar a Serra que queremos.

Comentários