22.6 C
Serra
segunda-feira, 10 de agosto de 2020

PT reafirma aliança com Sérgio Vidigal

Leia também

Serra está há dois dias sem registrar mortes causadas pelo coronavírus, diz Estado

Mesmo seguindo na liderança do número de mortes causadas pela Covid-19 no Espírito Santo, a Serra não registra moradores...

Candidatura de Bruno Lamas é teste de popularidade do Governo nas eleições 2020

Os resultados das eleições de novembro, na Serra, podem ser a resposta do povo às ações do Governo do...

Políticos capixabas lamentam marca dos 100 mil mortos por coronavírus no Brasil

Políticos de todo o país manifestaram preocupação com o avanço do número de mortos em decorrência da Covid-19. O...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Vidigal: apesar de não se posicionar abertamente contra o impeachment, os petistas da Serra creem na aliança entre os pedetistas e o Partido dos Trabalhadores. Foto: Divulgação

Por Conceição Nascimento e Yuri Scardini

Recentemente o PDT nacional por unanimidade anunciou apoio à presidenta Dilma Rousseff (PT) se posicionando oficialmente contra o impeachment. Sobre isso, o ex-prefeito da Serra e atual deputado federal, Sérgio Vidigal que também é o presidente do PDT no ES, tem se mostrado cauteloso sobre a posição do partido. Porém, isto parece não afetar o bom relacionamento com o PT da Serra, que diz enxergar em Vidigal um “aliado histórico”.

De acordo com Cleber Lanes, presidente municipal do PT, a situação nacional é complexa, e o PDT tem apoiado as principais ações do Governo federal. “A relação dele – Vidigal- com o Governo federal é boa. Sérgio é pré-candidato à Prefeitura da Serra e está se posicionando. Não tivemos contato com ele, mas nossa relação até hoje é de aliados. O PDT é um aliado histórico nosso”, justificou.

O petista e ex-deputado estadual, Roberto Carlos, também acredita na aliança com Vidigal “Acho que o deputado vai ser fiel ao PDT e manter a aliança com Dilma”.

”Às vezes parlamentares e pré-candidatos querem fazer média com a opinião pública, em função da baixa popularidade conjuntural que a presidente apresenta. É uma tentativa de se descolar do governo, não sei se é o caso dele. Com o PDT na Serra, quando estivemos no Governo, também permanecemos nos momentos ruins do prefeito”, avaliou o petista.

O vereador Aécio Leite acredita que a fala de Vidigal é momentânea. “Ele certamente vai seguir a orientação partidária. A parceria com o PDT nacional é tranquila e a Serra não sofre influência. O PDT sempre estive na linha de nossa aliança”, diz o vereador.

Procurado pela reportagem, o deputado federal Sérgio Vidigal não respondeu até o fechamento desta edição.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Candidatura de Bruno Lamas é teste de popularidade do Governo nas eleições 2020

Os resultados das eleições de novembro, na Serra, podem ser a resposta do povo às ações do Governo do Estado durante a pandemia do...

Políticos capixabas lamentam marca dos 100 mil mortos por coronavírus no Brasil

Políticos de todo o país manifestaram preocupação com o avanço do número de mortos em decorrência da Covid-19. O governador Renato Casagrande (PSB) usou...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!