PSL da Serra quer delegado da Polícia Federal para prefeito | Portal Tempo Novo

Serra, 20 de julho de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 28 de junho de 2019 às 9:42

PSL da Serra quer delegado da Polícia Federal para prefeito

Por Yuri Scardini
[email protected]

Da esquerda para direita, Joel Pereira Gomes, delegado Márcio Greik e vereador Adilson: PSL esteve no TN para anunciar nome à Prefeitura da Serra. Foto: Gabriel Almeida

O PSL da Serra quer um nome novo para prefeito em 2020 e já tem o seu homem: trata-se do delegado da Polícia Federal Márcio Greik Alves. Residente em Morada de Laranjeiras há 10 anos, ele tem apoio do diretório local, que deve encaminhar essa possibilidade para o ex-deputado Carlos Manato, presidente estadual da sigla. Eles afirmam que a orientação de Manato é tocar o partido sem eliminar nenhum cenário e, portanto, teriam autonomia para articular localmente um de seus filiados para a missão de ser o candidato majoritário.

Com a pré-candidatura de Márcio Greik, somam-se ao menos quatro frentes nas quais o partido pode embarcar em 2020. Ao TEMPO NOVO, Manato já declarou que ele próprio pode ser o candidato; também afirmou que o PSL pode vir na vice de uma possível candidatura do deputado Amaro Neto (PRB); e, por fim, anunciou publicamente um convite ao vereador Cabo Porto (PSB) para se filiar ao partido de Bolsonaro e encabeçar a chapa.

Sobre o assunto, o presidente do PSL serrano, Joel Pereira Gomes, afirmou que não há desalinho entre executivas municipal e estadual. “O Dr. Márcio é o nome que a Executiva do partido entendeu, pela experiência dele, vivência que exerce na Polícia Federal e por ser morador do município. A orientação que a gente tem do Manato é que a Executiva da Serra tenha autonomia para tocar o partido. A palavra do Manato é: ‘não tem um candidato específico’. Quem for o escolhido, será aquele que as pesquisas disserem que se saiu bem. Então, estamos colocando logo o nome na rua para que possamos alcançar nossos objetivos”, disse.

Procurado, Manato confirmou que esse movimento está em consonância com a executiva estadual: “Tem autonomia e, no final, faremos pesquisa para escolher”.

O delegado Márcio defendeu que o partido apresente um plano de governo para a Serra e tomou como referência o governo do presidente Jair Bolsonaro. “Acho que o PSL, na pessoa do presidente Bolsonaro, iniciou um projeto de reconstrução do país que a sociedade apoiou com a eleição dele. E quanto a nós, de primeiro plano, o interesse é construir um projeto de governo para a cidade. Porque nós entendemos que o projeto de governo é mais importante que o nome. Então, acredito que minha experiência de 21 anos de Polícia Federal, como gestor de delegacia e de equipes, pode ajudar nessa construção da Serra”, afirmou.

O vereador Adilson de Novo Porto Canoa (PSL) é um dos que defende a candidatura do delegado. “Esse alinhamento do PSL em torno de um projeto, em vez de parecer uma confusão, demonstra a capacidade de conversar. Tenho enorme respeito pelo vereador Cabo Porto, meu amigo, por Manato e por tantos outros. Esse movimento que estamos fazendo não é para dividir, mas sim para somar, para agregar no debate. Lá na frente, vamos todos sentar e avaliar”, concluiu.




O que você acha ?

Como você avalia os 6 primeiros meses de Contarato no Senado?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por