23.2 C
Serra
sábado, 06 de junho de 2020

PSB diz que Bruno será candidato, mas segue em conversa com Vidigal

Leia também

Erosão do mar em Manguinhos segue se agravando e danifica propriedades

Está se agravando o problema da erosão no trecho entre o Recanto dos Profetas e o Vagão na orla...

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

PSB diz que Bruno Lamas é o candidato do governador Casagrande na Serra. Foto: Divulgação

No grupo político do governador Renato Casagrande (PSB), a pré-eleição começa com a disputa interna entre o secretário Bruno Lamas (PSB) e o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT). Ambos os partidos reivindicam para si o apoio de Casagrande, que pode redundar em maior acesso a recursos, estrutura de campanha e poder de influência no tabuleiro do xadrez eleitoral.

No próximo dia 16, haverá uma reunião entre os diretórios partidários. O presidente estadual do PSB, Alberto Gavini, conversou com a reportagem e voltou a defender o nome de Bruno Lamas para a Prefeitura da Serra. “Nosso candidato é Bruno. Ele sai da Setades e retorna às suas atividades na Assembleia Legislativa, dentro do prazo para desincompatibilização”, adiantou Gavini.

O presidente do PSB disse que “nesse momento, não há nada que faça o partido recuar da candidatura própria” e que “hoje, Bruno Lamas é o candidato do governador Casagrande”. E completou: “Ele (Bruno) tem conteúdo e experiência. Vamos conversar com outros partidos e evoluir”.

Questionado sobre a possibilidade de composição com o PDT, que possui Sérgio Vidigal como pré-candidato a prefeito, Gavini disse que o partido está avaliando.

“Sobre a aproximação entre PSB e PDT, vamos avaliar a possibilidade de caminhar juntos ou não. É um processo democrático. Temos um partido organizado; tem diretório nos 78 municípios do estado. Entende que é importante contribuir com o debate na Serra em 2020”.

Durante essa semana, especulações correram no meio político indicando que Casagrande poderia fazer um movimento para tirar Vidigal da disputa em favor de Bruno Lamas. Informações estas que foram negadas pelo PDT.

PDT quer apoio de Casagrande

Por meio do presidente municipal, Alexandro Comper, o PDT disse que “desconhece essas informações” e que “não passa de especulação do mercado político”, afirmando que “o partido vai ter candidatura a prefeito da Serra”.

Ressaltou, ainda, que o PDT “faz parte da base do governo”: “o processo de diálogo é natural e vamos buscar o apoio do governador”, finalizou Alexandro.

Comentários

Mais notícias

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos a receberem o empréstimo oferecido...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo nas últimas semanas. Luciana pediu...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!