25.7 C
Serra
terça-feira, 07 de julho de 2020

Proibição de adolescentes nas ruas à noite gera polêmica

Leia também

Pastoral já distribuiu mais de 16 mil marmitas à população de rua

A pandemia causada pelo novo coronavírus está agravando a desigualdade social no país. Um dos sintomas desse cenário é...

Banestes realiza leilão de imóveis no próximo dia 22

O Banestes vai levar a leilão 93 imóveis, no próximo dia 22, às 15 horas. Entre as opções estão...

“No máximo” um mês o Hospital Materno Infantil está pronto, diz Audifax

A esperada obra do Hospital Materno Infantil na região de Laranjeiras já tem data para estar pronta. Isso porquê,...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Prefeitura quer endurecer com proibição de eventos de porte (foto) e presença de adolescentes na noite
Prefeitura quer endurecer com proibição de eventos de porte (foto) e presença de adolescentes na noite

Por Conceição Nascimento

O Conselho Estadual da Juventude condena a proposta do Secretário de Defesa Social da Serra, Coronel Nylton Rodrigues, de proibir menores de 18 anos nas ruas da Serra, após as 22 horas, desacompanhados dos pais. A entidade divulgou carta aberta assinada por seu presidente, Luiz Inácio Silva da Rocha.

No documento, Luiz afirma que a medida não ajuda a combater a violência e fere princípios constitucionais. “A medida está sendo apresentada de forma arbitrária, sem diálogo com a juventude. Medidas como essas contribuem com o processo de estigmatização e criminalização da juventude ao imputar aos jovens a responsabilidade pelos altos índices de violência”.

O vereador da Serra Aldair Xavier (PTB) também é contra a medida. “Essa questão depende de um projeto e acredito que, aqui na Câmara da Serra, uma proposta como essa não passa. O governo tem sido ineficiente nas suas ações e quer transferir a responsabilidade sobre a insegurança na cidade para a população. Concordo que os menores não devem estar nas ruas, mas não é possível proibir o direito de ir e vir”, pondera.

Aldair acrescentou que a legislação vigente já proíbe a permanência de menores em locais como bailes funk e outros eventos.


Assunto em pauta na próxima quarta

 

Procurado pela reportagem, o secretário de Defesa Social da Serra, Nylton Rodrigues, disse que o assunto deverá ser discutido na próxima reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que se reunirá no próximo dia 24 (quarta-feira).

“Não há definição sobre o que será feito e a estratégia a ser adotada, sendo uma das opções o reforço no Conselho Tutelar, com aumento nas equipes de fiscalização. Nossa preocupação é que esses jovens estão nas ruas em situação de vulnerabilidade”, explicou o secretário.

Rodrigues disse também que o município prepara ações em bairros que apresentam altos índices de violência. “Ampliaremos o número de câmeras de videomonitoramento, a instituição da guarda municipal, as operações interligadas entre a Polícia Militar, Polícia Civil, Juizado da Infância e da Juventude e prefeitura e ainda os projetos sociais voltados para estes bairros”, pontuou.

Comentários

Mais notícias

Banestes realiza leilão de imóveis no próximo dia 22

O Banestes vai levar a leilão 93 imóveis, no próximo dia 22, às 15 horas. Entre as opções estão propriedades rurais, casas, apartamentos, coberturas...

“No máximo” um mês o Hospital Materno Infantil está pronto, diz Audifax

A esperada obra do Hospital Materno Infantil na região de Laranjeiras já tem data para estar pronta. Isso porquê, de acordo com o prefeito...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!