• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
25.4 C
Serra
quinta-feira, 13 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Profissional da Saúde que não se vacinar será impedido de trabalhar no ES

Leia também

Festival apresenta 12 atrações musicais capixabas de diferentes estilos e linguagens

Doze atrações musicais capixabas com performances que entregam grito por diversidade e liberdade. E mais: dança, rock, fala, hip...

De mochilão e bicicleta, amigos vem pedalando da Argentina para conhecer belezas da Serra

Imagine conhecer o litoral brasileiro dando muitas pedaladas? Uma aventura e tanto, não é? Em busca da liberdade e...

Com investimento de mais de R$ 2 milhões, Fapes abre inscrições para bolsistas

Um investimento de R$ 2,1 milhões será destinado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A medida começa a partir do dia 1º de maio. Foto: Divulgação

Em coletiva na tarde desta quarta-feira (14) o secretário de Estado da Saúde, Nesio Fernandes, disse que trabalhadores da saúde que não se vacinaram não vão entrar em hospitais.

Segundo Nésio, a partir do dia 1º de maio, o trabalhador que não recebeu a vacina contra o coronavírus não poderá entrar nos hospitais públicos e passará a contabilizar falta e inatividade no local de trabalho. “Isso poderá levar a outros procedimentos administrativos, descontos salariais. Nós também estabelecemos uma norma, definindo penalidades para aqueles que furarem fila, trabalhadores que forem pegos em práticas inadequadas desrespeitando o calendário de vacinação. O Estado também prevê multas financeiras para aqueles que furarem as filas”.

Nesio também destacou que o Espírito Santo está entre cinco estados que mais vacina do Brasil. “A vacinação caminha em um ritmo positivo e satisfatório. Nós neste momento temos 53 municípios com menos de 20% de doses disponíveis para aplicação na população. Temos pontualmente realidades que precisam de ajustes e reforço, no entanto o desfecho final coloca o Espírito Santo entre os cinco Estados do país com maior população vacinada. No entanto, entendemos que grande desafio é conseguir alcançar pelo menos 80% da população ainda este ano, uma meta ousada. Isso vai exigir que o governo federal envie aos municípios maiores doses de vacinas”.

O secretário disse ainda que o desejo é imunizar em massa toda a população brasileira rapidamente e vencer esse momento difícil da humanidade. “A pandemia ainda não acabou. Insisto e apelo para que todos cumpram as medidas para evitar a transmissão da Covid-19”.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!