24.8 C
Serra
domingo, 12 de julho de 2020

Professor e fundador de projeto social é anunciado pré-candidato a prefeito da Serra

Leia também

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Renato Ribeiro é próximo ao deputado Fabrício Gandini, que é cotado para ser candidato em Vitória na eleição de 2020. Foto: Divulgação

O professor Renato Ribeiro pode ser um dos nomes na corrida eleitoral pela Prefeitura da Serra. É o que anunciou o Cidadania (antigo PPS) ao TEMPO NOVO, por meio de seu presidente estadual, o deputado Fabrício Gandini. Segundo ele, na visão do partido, o fim da “disputa direta nas urnas” entre o prefeito Audifax Barcelos (Rede) – que não pode mais se reeleger, e o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), pode inaugurar um novo ciclo político que culmine na “emersão de novos líderes” na Serra.

“O Cidadania entende que a Serra é um dos municípios mais importantes do ES, e o partido tem experiência de gestão, haja vista o que tem sido feito em Vitória. Se somarmos isso ao cenário eleitoral da Serra, que é propício à emersão de novos líderes, já que Audifax e Vidigal não vão protagonizar uma disputa direta, entendemos que temos boas chances de apresentar um nome novo com perspectiva de crescimento”, anunciou Gandini.

O TEMPO NOVO questionou se este anúncio teria haver com discordâncias envolvendo o PSB em Vitória, uma vez que a aliança ‘Cidadania-PSB’ na capital está balançada, o que impactaria a dobradinha na Serra e poderia atrapalhar  o secretário estadual Bruno Lamas, que é pré-candidato do PSB no município. Sobre o assunto, Gandini negou que haja correlação.

Sobre o nome de Renato Ribeiro, o deputado relativiza que é alguém “com potencial de crescimento” e significaria o “novo” na política da Serra. “Temos dialogado com o PDT de Vidigal, porém ainda não fechamos alianças em definitivo. Mas, internamente, o nome que desponta é Renato Ribeiro, que foi bem avaliado nas urnas em 2016 com quase 1.500 votos para vereador, ficando na 1º suplência. É professor, tem compromisso com a cidade uma vez que fundou um projeto social muito expressivo na Serra, do qual não recebe nenhum dinheiro público. É um nome leve, não tem absolutamente nada em seu histórico que o desabone”, disse.

A reportagem procurou Renato Ribeiro para comentar o assunto. Em breve conversa, ele confirmou que foi sondado por Gandini e completa: “sou soldado no Cidadania, partido que estou filiado desde 2016. A gente vê na Serra uma vontade da população por mudanças. Desde 1996 há um revezamento de dois políticos. Tenho compromisso com a cidade e, se o partido caminhar nesse sentido, não vou recuar”, afirmou Ribeiro.

 

Comentários

Mais notícias

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para todos os moradores da Serra. ...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!