27.9 C
Serra
quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Prefeitura vai liberar ambulantes nas ruas de Laranjeiras

Leia também

Interesse Eleitoral

Diferentemente de cidades cuja eleição atende ao exclusivo interesse de seus munícipes, numa cidade como Serra é impossível não...

Obras na ArcelorMittal Tubarão vão gerar 920 postos de trabalho

Obras para reduzir a poluição e também para implantar usina de dessalinização da água do mar vão gerar 920...

Assombrações? Que nada! O medo agora é outro… | Confira a ‘Charge do TN’

Na charge desta semana, o TEMPO NOVO traz novamente temas de duas doenças que andam assombrando serranos e demais...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ambulantes estão autorizados a trabalharem em algumas calçadas. Foto: Arquivo TN

Após realizar uma ação de fiscalização e apreender diversas mercadorias de ambulantes que atuam nas ruas de Parque Residencial Laranjeiras, a Prefeitura da Serra pretende liberar a atuação de camelôs em alguns locais da comunidade. Atualmente, muitos vendedores utilizam as calçadas e ruas do bairro para vender seus produtos.

Para o TEMPO NOVO, a Prefeitura da Serra enviou uma nota onde afirma que vai publicar um edital com os locais disponíveis para ocupação dos ambulantes. De acordo com o Município, os vendedores interessados poderão concorrer a uma das vagas que serão disponibilizadas. Apesar desta informação, a assessoria de imprensa da Prefeitura não passou detalhes sobre quando este edital será publicado.

Na última sexta-feira (18), fiscais municipais e a Guarda da Serra retiraram os trabalhadores de uma calçada que fica próximo ao Shopping Laranjeiras, na Avenida Norte Sul.A ação foi duramente criticada pelos camelôs e também por pedestres que passavam pelo local. Eles consideram a ação “injusta e violenta”, já que a Prefeitura não avisou a Associação de Camelôs de Laranjeiras que iriam voltar a realizar esse tipo de ação.

Num vídeo que circula nas redes sociais, um camelô mostrou o momento exato em que o Município retirou as barracas e mercadorias das ruas. O TEMPO NOVO conversou com o presidente da associação, Anderson Keller. Segundo ele, em nenhum momento, o Município alertou que iria começar a retirar os ambulantes novamente das ruas. “A última informação que a gente tem é que eles iriam começar a regularizar a situação de alguns camelôs, mas pelo jeito voltaram a tomar os produtos e retirar a gente da rua. Não fomos avisados em nenhum momento”, explicou Anderson.

Uma ambulante que também atua no bairro classificou a ação como violenta. “Eles chegam e simplesmente vão tomando todos nossos produtos e desmontando as barracas. Se quer avisaram que iriam retirar a gente da rua. Simplesmente chegaram e foram agindo. Isso é injusto”, disse a trabalhadora que não quis se identificar com medo de represálias.

Também em nota, a Prefeitura da Serra confirmou que realizou a ação de apreensão de mercadorias de ambulantes em situação irregular, que já haviam sido notificados anteriormente. Disse ainda que os vendedores têm o prazo de dez dias para apresentarem a nota fiscal da mercadoria e, dessa forma, reavê-la.

Assista ao vídeo gravado por um ambulante durante a fiscalização da Prefeitura da Serra:

 

Comentários

Mais notícias

Obras na ArcelorMittal Tubarão vão gerar 920 postos de trabalho

Obras para reduzir a poluição e também para implantar usina de dessalinização da água do mar vão gerar 920 postos temporários de trabalho na...

Assombrações? Que nada! O medo agora é outro… | Confira a ‘Charge do TN’

Na charge desta semana, o TEMPO NOVO traz novamente temas de duas doenças que andam assombrando serranos e demais pessoas de todo o Brasil....

Serranos mandam ver em versão da canção ‘Telegrama’ de Zeca Baleiro

Ícone da geração dos anos 1990 da MPB, o maranhense Zeca Baleiro teve versão de uma de suas músicas mais conhecidas, ‘Telegrama’, gravada ao...

Atraso de entrega de imóvel gera direito a indenização

O ano 2018 marcou o fim de um ciclo de 5 anos de retração econômica, de acordo com a  Coordenadoria de Projetos Imobiliários da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem