27 C
Serra
terça-feira, 31 de março de 2020

Prefeitura promete inaugurar Materno Infantil até junho deste ano

Leia também

Ceturb apresenta nesta quarta-feira plano de ação para evitar aglomerações nos terminais

Guardas municipais e agentes da Polícia Militar devem atuar nos terminais rodoviários da Grande Vitória para impedir aglomerações. Essa...

Coronavírus na Serra: casos confirmados sobem para 14

A Serra tem 14 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB) no início...

Rodrigo Caldeira está a um pé de deixar o partido de Audifax para se filiar no PDT de Vidigal

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira está próximo de fazer uma curva de 180° e se filiar...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

As obras estão em fase final. Foto: Divulgação

A obra do Hospital Materno Infantil, estimada em R$ 94 milhões, já está em fase final e será entregue até junho deste ano, segundo a Prefeitura da Serra. O Município continua em conversa com o Ministério da Saúde e Governo do Estado para viabilizar os gastos anuais que a maternidade irá consumir: aproximadamente 100 milhões.

Para se ter uma ideia do tamanho da obra, quando inaugurado, o Hospital terá 135 leitos, sendo 60 maternos e 75 pediátricos. Segundo a Prefeitura, serão 8.700 partos por mês e além da Serra, outras cidades do Espírito Santo e até de outros estados brasileiros serão beneficiados. Para atender tanta gente, será precisa uma equipe de 500 pessoas, incluindo médicos, enfermeiros e demais áreas.

Ao TEMPO NOVO, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) comentou sobre o andamento das obras, que segundo ele está em fase de acabamento. “Além de ampliar o acesso da população aos serviços de saúde na cidade, o Hospital Materno Infantil vai se tornar referência na região metropolitana. Será oferecido o que há de mais moderno”, ressalta o prefeito, que no ano passado, chegou a ir a Brasília conversar com o Ministério da Saúde sobre os gastos do hospital.

Ainda segundo a Prefeitura, no hospital, haverá uma Política do Parto Humanizado, com a inserção do acompanhante no processo de atendimento ao bebê e à gestante. Haverá o leito chamado “PPP”: Pré-parto, Parto e Pós-parto, ou seja, as gestantes permanecerão até sua alta com o recém nascido. O direito do acompanhante também está garantido.

Entre os serviços a serem oferecidos no novo hospital estão ultrassonografia e acompanhamento do recém-nascido, cujo objetivo é detectar precocemente possíveis problemas que possam surgir após a alta. O Hospital Materno Infantil contará ainda com banco de leite, todas as vacinas necessárias ao bebê, além dos testes de linguinha, orelhinha, pezinho, quadril, coraçãozinho e olhinho.

A unidade está sendo construída em Laranjeiras, em uma área de 25 mil metros quadrados. Será composta por três pavimentos distribuídos em assistência materno-infantil, serviços de apoio diagnóstico e terapêutico.

Contratação de funcionários

Com o novo hospital, serão abertas 500 vagas de emprego para funcionários que irão atuar no Materno Infantil. Para o TEMPO NOVO, a Prefeitura da Serra disse que a Secretaria Municipal está analisando como será feita as contratações.

Comentários

Mais notícias

Coronavírus na Serra: casos confirmados sobem para 14

A Serra tem 14 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB) no início da noite desta segunda-feira (30)....

Rodrigo Caldeira está a um pé de deixar o partido de Audifax para se filiar no PDT de Vidigal

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira está próximo de fazer uma curva de 180° e se filiar no PDT, do deputado federal,...

AO VIVO | Casagrande anuncia novas medidas contra o coronavírus

https://www.youtube.com/watch?v=ypBojnu5huk O governador Renato Casagrande (PSB) está concedendo uma coletiva de imprensa no final desta segunda-feira (29) para anunciar novas medidas contra o avanço do...

Coronavírus avança e ES registra primeiros casos de transmissão comunitária

O Espírito Santo registrou os primeiros casos de transmissão comunitária, ou seja, a Secretaria de Estado de Saúde não consegue identificar a origem da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem