Prefeitura limpa e terreno volta a ser ‘lixão’ em apenas três dias

0
Prefeitura limpa e terreno volta a ser ‘lixão’ em apenas três dias
O lixão fica numa Área de Preservação Permanente. Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (5), cerca de 10 toneladas de entulho foram retiradas de um ponto viciado de lixo que fica numa Área de Preservação Permanente perto da nascente da lagoa Pau Brasil,atrás do condomínio Arboretto em Hélio Ferraz na Serra. Mas apenas três dias depois, no último dia 8, o espaço já estava cheio de entulho e lixo novamente. E essa cena se repete em vários pontos da cidade: a Prefeitura da Serra realiza a limpeza, mas pouco tempo depois o espaço já está sujo.

Em Cantinho do Céu, ao lado do bairro José de Anchieta II, em um ponto viciado de lixo o problema também é o mesmo. Toda vez que a equipe de limpeza da prefeitura realiza os serviços, passa algumas horas o espaço volta a fica sujo. A Prefeitura da Serra cobra conscientização da população e afirma que quem joga lixo em locais irregulares está sujeito a ser multado.

Só em 2018, quase cem mil toneladas de entulho foram retiradas das ruas da Serra. No ano anterior, em 2017, foram recolhidas mais de 70 mil toneladas. Também em 2018, foram aplicadas mais de 185 multas a pessoas físicas e jurídicas que descartaram entulho em locais irregulares, o que representa R$ 1.180.000 em multa.

De acordo com a assessoria da Prefeitura da Serra, os bairros com maior número de ocorrências são: Civit I, Jardim Limoeiro e Novo Porto Canoa, com 15 ocorrências cada. Em segundo lugar, com 10 ocorrências, está Solar do Porto.

O secretário de Serviços, Igor Elson, alerta que a população tem um papel importante na luta contra o descarte irregular de resíduos. “É importante que a comunidade saiba onde e como realizar o descarte corretamente de lixo, entulho e recicláveis e que esteja sempre denunciando o descarte irregular, que é prejudicial para toda a população”, afirma.

A moradora de Cantinho do Céu, Margarida Couto, é uma das moradoras que sofrem com o ponto viciado de lixo. “Moro quase em frente a esse lixão aqui do bairro e toda vez que a prefeitura limpa, logo depois vem o povo e suja tudo de novo. Já vi gente jogando até móveis ali. É um horror e precisamos nos unir para combater isso”, reclama.

Denúncias

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura da Serra, os moradores podem realizar denúncias do descarte irregular de entulho, enviando fotos e vídeos de flagrantes de irregularidades para o WhatsApp 99976-2595.

Descarte correto

A Prefeitura da Serra mantém o programa João de Barro em andamento no bairro Novo Porto Canoa. No local podem ser descartados resíduos da construção civil de pequenos geradores da região. Fica na Avenida Amazonas, ao lado do Centro Comunitário. O horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas. Cada morador pode levar, no máximo, 15 sacos de ráfia ou 15 carrinhos de mão de entulho, por dia.

Para destinação de entulho, o município disponibiliza também a Área de Transbordo e Triagem no Bairro Barcelona, localizada a Av. Região Sudeste, 300 metros após a entrada pela BR 101, antes do posto BKR.

Para descartar mais de 15 sacos de ráfia, o morador precisa contratar uma caçamba de empresas credenciadas que são monitoradas pela prefeitura; e tem de dar uma destinação correta para o entulho, conforme prevê a lei 4.764, de 28 de dezembro de 2017, que estabelece multa de até R$ 2.224 para quem não cumpre as regras.

Comentários