• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
30.2 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados

Praias da Serra tem pelo menos 7 pontos impróprios para banho

Leia também

Vereadores abrem CPI para investigar empresa que fatura milhões explorando área pública de graça

Em conjunto, os 23 vereadores da Serra oficializaram uma Comissão Especial de Inquérito (CEI – que é semelhante a...

Pandemia piorou violência contra mulher, idoso e criança na Serra

Neste terceiro bloco da entrevista concedida ao Tempo Novo na última segunda feira (veja o primeiro e o segundo...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Em Jacaraípe, existem pontos próprios e impróprios para banho. Foto: Fábio Barcelos
Em Jacaraípe, existem pontos próprios e impróprios para banho. Foto: Fábio Barcelos

Um tema que está deixando a população de cabelo em pé é a condição das águas das praias do Estado. E na Serra, não é diferente. No município, onze pontos são monitorados desde janeiro pela Secretaria de Meio Ambiente (Semma) e a Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH).

Dos onze pontos monitorados, entre Jacaraípe, Bicanga, Manguinhos e Nova Almeida, sete estão impróprios para banho.

Além dos 11 pontos listados, que são monitorados a partir da parceria com a AGERH, o município classificou como impróprios outros dois pontos, em saídas de córregos. A saída do córrego Laripe, na Curva da Baleia e do córrego Irema, em Castelândia.

Segundo a secretária de Meio Ambiente, Andreia Carvalho, de acordo com resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), antes da divulgação dos resultados são necessárias cinco análises. O resultado da próxima análise deve sair na sexta-feira (26).

A classificação da balneabilidade pode variar de acordo com uma série de fatores como ventos e correntes marítimas.

“O serviço de coleta, tratamento e destinação final do esgoto no município da Serra está em execução por meio de uma Parceria Público-Privada. A cobertura atual é 71% e será universalizada nos próximos anos. Já foram emitidas 1.300 notificações para que os cidadãos façam as ligações de seus imóveis na rede e o trabalho de fiscalização foi intensificado”, explica a secretária Andreia Carvalho.

Confira como estão classificados os 11 pontos:

Próprios

-Nova Almeida – Acesso pela passarela, em frente ao Bar da Orla n° 75;

-Jacaraípe – Em frente à Colônia de Férias da Vale;

-Praia de Manguinhos – Em frente ao Restaurante Primeira Estação de Manguinhos;

-Praia de Bicanga – Em frente ao Quiosque do Carioca;

-Lagoa Carapebus – Acesso principal, ao lado da Colônia de Férias da PMMG;

-Praia de Carapebus – Em frente à Colônia de Pescadores.

Impróprios

-Nova Almeida – Final do calçadão, em frente à Rua Guilherme Becker;

-Jacaraípe – Em frente à Rua Caiçaras;

-Jacaraípe – Em frente à Rua Marília Resende Coutinho, próximo ao Ed. Marlim Azul;

-Praia de Manguinhos – Em frente ao Residencial Aída n°243;

-Praia de Carapebus – Em frente à Rua Projetada Vinte e Nove;

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!