25.4 C
Serra
quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Polícia Militar do Espírito Santo tem novo Comandante-Geral

Leia também

Pré-candidatos a prefeito serão sabatinados em Jacaraípe

Tem início nesta quinta-feira (12) uma série de debates com pré-candidatos a prefeito da Serra. O objetivo é levar...

Concursos públicos estaduais terão reserva de vagas para negro e índio

Concursos públicos e processos seletivos estaduais terão reserva de vagas para negros e índios. O benefício foi aprovado durante...

Norte Sul é interditada e trânsito fica caótico na Serra

Um trecho da rodovia Norte Sul, próximo ao Terminal de Carapina, foi interditado na Serra. Isso fez com que...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

O coronel Márcio Eugênio ao lado do governador Casagrande durante a cerimônia de posse que aconteceu na última segunda (18). Foto: Divulgação

O coronel Márcio Eugênio Sartório assumiu, na última segunda-feira (18), o posto de Comandante-Geral da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), no lugar do coronel Moacir Leonardo Vieira Barreto Mendonça, que deixa o cargo por motivos de saúde.

O novo comandante é natural de Cachoeiro de Itapemirim, graduado no Curso de Formação de Oficiais com pós-graduação nos cursos de Instrutor de Equitação e Gestão em Segurança Pública.

Atuou no Regimento de Polícia Montada de dezembro de 1994 a julho de 2013, nas funções de chefe da seção de pessoal, de Planejamento e de Logística, comandante do 1º Esquadrão, subcomandante e comandante. Também foi diretor adjunto de Comunicação Social da PMES de julho de 2013 a julho 2015, comandante do 1º Batalhão, diretor de Saúde da PMES e comandante de Polícia Ostensiva Metropolitano.

Como esportista, o coronel Sartório também se destaca representando a corporação e o Espírito Santo no hipismo. Foi sete vezes campeão estadual e cinco vezes vice-campeão e bicampeão brasileiro militar e tem vários títulos em competições nacionais militares.

A decisão da troca foi anunciada no início da tarde da segunda (18) pelo governador Renato Casagrande, que acompanhou a solenidade de passagem do Comando, realizada no Quartel do Comando-Geral, localizado no bairro Maruípe, em Vitória.

Por meio de nota o governador agradeceu ao comandante Barreto que prestou um serviço extraordinário. “Uma pessoa séria, decente, trabalhador e que comandou com dedicação total a nossa Polícia Militar, essa grande instituição. A PM é uma das instituições mais respeitadas da nossa sociedade e quem a assume carrega toda essa responsabilidade. O coronel Sartório terá que exercer com muita dedicação e foi escolhido pelas características de Comando, pela experiência, pelo lado operacional, pela convivência e respeito da tropa”, afirmou Casagrande.

O govenador afirmou ainda que: “Temos necessidade de que a Polícia Militar interaja com a sociedade, que dialogue, se integre e que tenha sintonia com as demais forças de segurança estadual e federal. Triste pelo afastamento de Barreto, mas feliz por dar posse ao Sartório”, disse.

A mudança no Comando já vinha sendo discutida há cerca de uma semana, desde que o coronel Barreto manifestou ao governador o desejo de se afastar do cargo para cuidar da saúde. A escolha de Sartório, que estava à frente do Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM), se deu pelo fato de ter longa experiência operacional, grande lealdade e o respeito da tropa.

O novo comandante da Polícia Militar falou sobre a responsabilidade de dar sequência ao trabalho realizado pelo coronel Barreto. “Quem o conhece sabe exatamente do que estamos falando. Eu assumo com uma grande missão de representar a nossa tropa, que tenho certeza absoluta que é a melhor do Brasil”, disse o coronel Sartório.

Na solenidade, o Subcomandante Geral da Corporação, coronel Aleksandro Ribeiro de Assis fez a leitura da alocução, uma carta de despedida de coronel Barreto ao deixar o cargo. Na carta, o coronel, que não pode comparecer à troca de comando, agradeceu aos oficiais e praças e ao alto comando da Polícia Militar. Ao governador Renato Casagrande, o coronel agradeceu a confiança e atenção dada à Corporação.

“Não só por ter confiado a mim tão nobre missão, num dos momentos mais desafiadores que a Polícia Militar já enfrentou nos últimos anos, devido a marcas dolorosas de um passado ainda vivo, mas também por sua liderança empática, estimulando sempre diálogos maduros com entendimentos necessários para superar dificuldades oportunamente. Não houve um momento sequer que o senhor deixou de ouvir os anseios que levei aos seus ouvidos, como Porta-Voz da instituição, valorizando meus argumentos, respeitando minhas posições institucionais voltadas à valorização concreta da tropa e, sobretudo, dando deferência, atenção e respeito ao que representa o Comando-Geral da PM”, disse na carta.

Comentários

Mais notícias

Concursos públicos estaduais terão reserva de vagas para negro e índio

Concursos públicos e processos seletivos estaduais terão reserva de vagas para negros e índios. O benefício foi aprovado durante a sessão extraordinária nesta quarta-feira...

Norte Sul é interditada e trânsito fica caótico na Serra

Um trecho da rodovia Norte Sul, próximo ao Terminal de Carapina, foi interditado na Serra. Isso fez com que o trânsito ficasse intenso e...

Estado prorroga pré-matrícula em escolas públicas ate o dia 19

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo para a Pré-Matrícula na Rede Estadual para até o próximo dia 19. A publicação foi feita...

Café com negócios para mulheres em Laranjeiras

No próximo dia 18  às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras. O evento, que...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!