28.4 C
Serra
quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Para combater “abusos” da EDP e Cesan, Vandinho propõe Centro de Defesa do Consumidor

Leia também

Jornal Tempo Novo vai divulgar pesquisa ENQUET para prefeito da Serra

Na manhã dessa quinta-feira (29), o jornal TEMPO NOVO, em parceira com a Enquet, publicará pesquisa de intenção de...

Acidente entre carros e carreta mata um e deixa feridos no ‘Trevo da Morte’ na Serra

A tarde desta quarta-feira (28) foi marcada por um acidente fatal na BR-101, próximo a entrada de Cidade de...

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, para crianças de um ano a menor de cinco anos de...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Críticas em torno dos serviços de abastecimento de água/esgoto e distribuição de energia elétrica – feitos pela Cesan e EDP, são corriqueiras na Serra. Entre as ideias apresentados pelos candidatos a prefeito, a de Vandinho Leite (PSDB) é a que mais chama a atenção nesse aspecto, devido a proposta da criação do Centro de Defesa do Consumidor.

Toda semana os moradores do município são surpreendidos com cortes de água e energia para manutenção programada. Outro ponto de tensão está nos altos valores das faturas, incluindo a cobrança da taxa de esgoto, que encarece a conta de água em 80%.

No Plano de Governo, Vandinho detalha que esse Centro de Defesa do Consumidor vai garantir as ferramentas para que a população faça valer seus direitos.

“Pensado no sofrimento do povo serrano com os desmandos vivenciados principalmente pela EDP e Cesan, a criação do Centro de Proteção Municipal de Defesa do Consumidor será fundamental, pois irá colocar a disposição do cidadão todas as ferramentas necessárias para combater os abusos cometidos”, disse.

Vandinho explica que o local vai agregar o Procon municipal, parte da Guarda Municipal, a Defensoria Pública e haverá espaço para atuação do Ministério Público.

“Na Serra, EDP e Cesan cortam os serviços toda semana, sob o argumento de manutenção, não observamos essa prática com a mesma frequência nos demais municípios. Milhares de pessoas ficam sem água e energia, e os valores das faturas só aumentam. Ao cortar a água, ocorre do ar entrar na tubulação, e quando a Cesan religa o sistema, esse ar é computado como água. Estudos já comprovaram que dependendo da frequência de corte, o ar na tubulação pode significar um encarecidamente artificial de até 40% na conta”.

Vandinho também questiona o serviço de esgotamento sanitário, que desde 2015 é de responsabilidade de uma empresa privada parceira da Cesan. “Pagamos uma taxa de esgoto muito cara e não estamos vendo os resultados em nossos mananciais, está tudo tomado pela poluição, desde as praias, lagoas e córregos. Ainda não observamos investimentos no setor de tratamento de esgoto. Esse Centro vai buscar fazer justiça, pois se pagamos ar na água ou pagamos taxa e o esgoto não é tratado adequadamente, é crime contra o consumidor”, detalhou.

Sobre o serviço de distribuição de energia elétrica, Vandinho questiona o sistema BT0 utilizado pela EDP (que na prática é um sistema de leitura digital de consumo); ele também citou as “excessivas” multas aplicadas na população.

“Como deputado fiz denúncias em todos os órgãos possíveis, por fraude na conta de luz. Na prática a empresa usa um sistema eletrônico de medição de consumo que é passível de fraudes e que foi proibido no Rio de Janeiro. Quando a empresa instalou o BT0 na Serra a conta de luz de todo mundo aumentou. Além disso, orientei centenas de pessoas que foram injustamente multados. Ninguém fiscaliza e ocorrer inúmeros abusos. Esse Centro vai dar suporte para quem se sentir lesado e quer buscar seus direitos. Vou cobrar agilidade nos processos”, explicou Vandinho Leite.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Mais notícias

Acidente entre carros e carreta mata um e deixa feridos no ‘Trevo da Morte’ na Serra

A tarde desta quarta-feira (28) foi marcada por um acidente fatal na BR-101, próximo a entrada de Cidade de Pomar, na Serra. Dois carros...

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, para crianças de um ano a menor de cinco anos de idade – mesmo as já...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!