Para atender criações locais, Estado vai impedir exportação de ração | Portal Tempo Novo

Serra, 17 de outubro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 30 de Maio de 2018 às 9:51

Para atender criações locais, Estado vai impedir exportação de ração

Por Gabriel Almeida
[email protected]

Moradores de Nova Carapina II se aglomeram para comprar frango a R$ 1 de produtor da região serrana já não tem mais ração para tocar a criação. Foto: Divulgação

Após o fracasso do comboio escoltado pela PM em trazer rações para criadores de aves e porcos do ES no início da semana, o governador Paulo Hartung (MDB) anunciou ontem (29) que o estado vai usar de forma compulsória estoques privados para atender quem precisa.

Para isto lançou mãoinciso XXV do artigo 5° da Constituição Federal, que autoriza, em caso de iminente perigo público, usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário a indenização. Um decreto com a medida foi publicado nesta terça-feira (29).

A medida é para tentar reduzir o impacto da mortandade de aves e suínos, que já afeta diversos produtos e municípios da região serrana, como Santa Maria de Jetibá, Domingos Martins e Marechal Floriano.

Antes do decreto o Governo do Estado já havia conseguido a liberação junto à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) de 6 mil toneladas de grãos de milho. Agora a expectativa é que outras 5 mil toneladas de farelo de soja que estão nos portos do Estado sejam utilizadas para alimentas os animais.

O secretário de Estado da Agricultura, Ideraldo Lima, afirmou que o Governo atuará como mediador na negociação entre os proprietários dos estoques e os produtores rurais. Ideraldo disse ainda que a medida vai permitir que o Estado acesse o estoque do farelo de soja que estava destinado à exportação para os planteis do Estado.

“É um trajeto curto, dentro do Estado e acredito que teremos sucesso nessas negociações. O estoque é suficiente para o momento. Mas não paramos somente nesta frente. Estamos agora para trazer os produtos, via férrea, por meio de 40 vagões de VLI, como o farelo de soja do centro-oeste para atender o Espírito Santo”, afirma.

Por conta da iminente morte de frango, produtores da região serrana passaram a doar ou vender barato na Grande Vitória animais vivos para a população. Uma dessas vendas aconteceu ontem em Nova Carapina II, na Serra. Moradores fizeram fila para pagar R$ 1 real por frango. A promessa é que nova venda aconteceria na manhã desta quarta-feira (30). 




O que você acha ?

Você já brigou com amigos e familiares por conta de política?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por