26.1 C
Serra
sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Padrasto é detido após ser flagrado pelado em frente menina de oito anos na Serra

Leia também

Vereador quer instituir o Dia Municipal do Rock

  A 17 dias das eleições municipais e pouco mais de dois meses para o fim dos mandatos dos  atuais...

Veja reação dos candidatos à pesquisa Enquet/TN de eleição para prefeito

Na manha desta quinta-feira (29), os eleitores da Serra puderam conferir os resultados da pesquisa Enquet/TN – que foi...

Justiça proíbe inaugurações na Serra após Audifax citar slogan de Fábio em evento

Acusado de ter feito propaganda eleitoral durante a entrega de uma obra na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede)...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Os homens foram detidos pela Polícia Civil na última terça-feira (11). Foto: Agência Brasil

A Polícia Militar prendeu um homem que é suspeito de ter abusado da sua enteada – uma criança de apenas oito anos de idade. O caso ocorreu em um bairro da Serra, que não será divulgado para preservar a identidade da vítima. A mãe da menina flagrou o homem completamente sem roupas em frente sua filha e acionou a polícia na última quarta-feira (2). O companheiro da mulher ameaçou cometer suicídio, já que os policiais estavam chegando na residência.

Segundo informações apuradas pela reportagem, a mulher já estava desconfiando do comportamento de seu companheiro nos últimos dias e descobriu os supostos abusos ontem, ao presenciar a cena dele com a criança: o homem estava mostrando as partes íntimas para a menina, enquanto ela chorava e dizia estar com medo. No flagrante, o homem tentou fugir, mas foi detido na noite do mesmo dia e levado para o Plantão Especializado da Mulher, que fica em Vitória.

+ Só neste ano, 48 crianças e adolescentes foram estupradas na Serra

O suspeito de abuso sexual se escondeu em um lixão de outro bairro, mas logo foi encontrado pela Polícia Militar, que recebeu orientações da mãe (de onde procurar) e reforçou o patrulhamento na comunidade e em bairros vizinhos.

Após ser ouvido pela delegada de plantão, o homem foi encaminhado para um presídio, que também não teve a localização divulgada. Ao TEMPO NOVO, a Polícia Civil confirmou as informações, mas disse que o caso segue sendo investigado sob sigilo, amparado no Artigo 17 do Estatuto da Criança e ao Adolescente – Eca.

Entretanto, a polícia acrescentou que todas as medidas legais foram adotadas e estão tramitando dentro prazo legal, mas disse que outras informações não serão divulgadas durante as investigações.

Só neste ano, 48 crianças e adolescentes foram estupradas na Serra

Crimes como este são constantes na Serra. Foto: Pixabay

Somente este ano, na Serra, 48 crianças e adolescentes foram estupradas no município, segundo dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp). O crime terrível, muitas das vezes, acontece dentro do próprio lar onde a vítima reside. Esses números são referentes ao primeiro semestre de 2020.

O levantamento foi solicitado pelo TEMPO NOVO, juntamente com a Sesp. De acordo com os dados, deste total de casos, 36 foram entre crianças que tinham de 0 a 13 anos. Já outros 12, ocorreram com meninas e meninos de 14 a 17 anos. A Secretaria de Segurança não informou se os responsáveis pelo crime foram presos ou estão foragidos. Os dados das vítimas são sigilosos, como ordena a lei.

As informações enviadas a Sesp à reportagem mostram um elemento ainda mais assustador. De janeiro a julho do ano passado, ocorreram mais crimes de estupro de vulneráveis do que este ano, no mesmo período. No total, em 2019, foram 75 crianças e adolescentes abusadas sexualmente na cidade. Dessas vítimas, 65 eram crianças que tinham apenas meses de vida e outras com até 13 anos. Também houve ocorrências de meninos e meninas de 14 a 17 anos (10 casos).

Vale lembrar que estupro de vulnerável é crime no Brasil e pode levar a até 14 anos de prisão. Em casos de crimes em flagrante o Ciodes 190 deve ser acionado imediatamente e uma viatura da Polícia Militar será encaminhada para o atendimento da ocorrência. Já para realização de denúncias, o Disque-Denúncia 181 é o melhor canal. A Sesp afirmou que o anonimato é totalmente garantido para o denunciante.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Veja reação dos candidatos à pesquisa Enquet/TN de eleição para prefeito

Na manha desta quinta-feira (29), os eleitores da Serra puderam conferir os resultados da pesquisa Enquet/TN – que foi o primeiro levantamento eleitoral contratado...

Justiça proíbe inaugurações na Serra após Audifax citar slogan de Fábio em evento

Acusado de ter feito propaganda eleitoral durante a entrega de uma obra na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) está proibido, pela Justiça Eleitoral,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!