Os cuidados para evitar trechos contaminados em praias da Serra

0

 

Os cuidados para evitar trechos contaminados em praias da Serra
A foz do córrego Laranjeiras, entre as praias de Bicanga e Manguinhos é um dos pontos interditados pela Prefeitura. Foto: Divulgação

Bruno Lyra

Verão, sol calor. Nada melhor do que curtir uma praia e aquele banho de mar. Mais gostoso ainda se tiver por perto da praia uma lagoa, rio ou riacho para se banhar e tirar o sal. Mas na Serra é bom ficar de olho e evitar certos trechos da praia e toda e qualquer água doce ao longo dos 23 km de litoral. Tudo por conta da poluição por esgoto, problema que se repete em outros municípios litorâneos urbanizados no Espírito Santo e grande parte do país.

A boa notícia é que dá para tomar banho de mar sem sustos em boa parte das praias. Isto porque o município mantém, regularmente, o monitoramento da balneabilidade analisando a quantidade de coliformes termotolerantes, que são as bactérias encontradas nas fezes humanas e de animais.

E a análise mais recente, feito no último dia 19 de dezembro, apontou que dos 11 pontos analisados no mar, 10 estavam próprios para banho (veja lista ao final da matéria). No entanto, através da assessoria de imprensa, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Serra (Semma) disse que na foz dos rios e córregos de maior porte ao longo do litoral, o banho de mar – e nos próprios rios – está interditado para banhistas. Nesses locais análises apontaram que a água está imprópria por conta do esgoto.

Caso das praias perto do rio Reis Magos, em Nova Almeida, do rio Jacaraípe, na região de mesmo nome, e do rio Laranjeiras, entre Bicanga e Manguinhos. Não foi feita análise na foz dos córregos Laripe e Irema, os dois mais imundos da cidade. Ambos deságuam na Curva da Baleia, entre Jacaraípe e Manguinhos.

Mas próximo a foz desses córregos a determinação da Semma é também de proibição do banho. E para os banhistas é fácil identificar a sujeira em ambos, pois a água é escura e fétida. O Meio Ambiente do município informou ainda que na última quarta- feira (27) colocou placas de balneabilidade nas praias, indicando inclusive os pontos interditados na foz dos rios e córregos mais sujos.

A assessoria da Semma informou ainda que não há monitoramento da balneabilidade das lagoas do município e não adiantou se há intenção de se fazer isso um dia. Vale lembrar que as três principais lagoas da Serra, a de Carapebus, a da Juara e Jacuném sofrem lançamento de esgoto em grande volume.

Confira os locais onde dá para entrar na água 

– Jacaraípe – Em frente à Rua Marília Resende Coutinho;

– Jacaraípe – Em frente à Rua Caiçaras;

– Jacaraípe – Em frente à Colônia de Férias;

– Lagoa Carapebus – Acesso principal, ao lado da Colônia de Férias;

– Nova Almeida – Acesso pela passarela, em frente ao Bar da Orla;

– Nova Almeida – Final do calçadão, em frente à Rua Guilherme Becker;

– Praia de Bicanga – Próximo ao início da avenida Beira-Mar;

– Praia de Carapebus – Em frente à Colônia de Pescadores;

– Praia de Carapebus – Em frente à Rua Projetada Vinte e Nove;

– Praia de Manguinhos – Em frente ao Restaurante Primeira Estação de Manguinhos;

– Praia de Manguinhos – Em frente à Rua Governador Francisco de Aguiar.​

 

Onde não se pode entrar no mar:

– Perto de onde caem todos os rios e córregos;

– Nova Almeida – Em frente ao Bar da Orla

Comentários