25.8 C
Serra
sexta-feira, 03 de abril de 2020

Orla de Balneário Carapebus fica sem vegetação após ‘limpeza’ feita pela Prefeitura

Leia também

Serra tem 23 casos confirmados de coronavírus, diz Secretaria da Saúde

A Serra registrou mais um caso confirmado do novo coronavírus. De acordo com a última atualização publicada pela Secretaria...

Casagrande anuncia que comércio vai ficar fechado até 12 de abril

Os comércios classificados como não essenciais vão continuar de portas fechadas até o próximo dia 12 de abril. Durante...

Materiais de construção, serviços automotivos e lojas de chocolate poderão funcionar

A partir desta segunda-feira (6), estarão liberados para funcionar as lojas de material de construção e serviços automotivos no...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Após a intervenção da Prefeitura, trecho da orla de Balneário Carapebus ficou completamente sem vegetação. Foto: Bruno Lyra

Uma nova ação de ‘limpeza’ sobre área de restinga feita Prefeitura da Serra no litoral voltou a gerar polêmica na cidade. Desta vez foi na orla de Balneário Carapebus, que ficou completamente sem vegetação, deixando toda a areia exposta.

O trecho mais afetado fica na av. Beira Mar próximo ao entroncamento com a rua Jacarandá. Ativista da Ong Juntos SOS ES Ambiental, Eraylton Moreschi Júnior, questionou: “Isto é uma limpeza ou supressão de restinga?”

Outro trecho da praia, indo na direção de Bicanga, também teve a vegetação completamente retirada. E ao lado dele a erosão provocada pelo mar avança em direção a avenida Beira Mar.

Em nota enviada à reportagem na última terça-feira (14), a Prefeitura da Serra, disse que “as intervenções realizadas têm o intuito de promover a recuperação da área através da retirada de espécie exóticas, considerando que o local era habitat majoritariamente de espécies exóticas altamente invasoras”.

Prometeu ainda fazer a recuperação com plantio de espécies nativas da restinga nos trechos que o solo ficou completamente exposto após a retirada da vegetação. Esses locais também serão cercados. No entanto não disse quando começa o plantio.

A orla entre Bicanga e Carapebus está recebendo obras de drenagem e pavimentação, além de ciclovia e calçadão. Nos trechos onde as estruturas estão sendo implantadas, a restinga estava sendo respeitada até a última terça-feira (14), quando a reportagem esteve na região.

Corte de restinga em Manguinhos e Jacaraípe

Pelo menos em outras duas situações recentes o corte de restinga feito pela Prefeitura gerou reclamações. Um deles em novembro do ano passado, quando árvores nativas foram cortadas entre Praia da Baleia e Manguinhos.

A outra em julho de 2018, quando a Prefeitura, com autorização do governo Estadual, cortou uma área de restinga em frente ao Solemar, em Jacaraípe. O local havia sido recuperado ao longo das últimas duas décadas por surfistas e ativistas ambientais.

Por lei federal, restinga é considerada Área de Preservação Permanente (APP). É abrigo para espécies de animais e plantas – alguns ameaçados de extinção – ajudando a proteger inclusive a desova de tartarugas marinhas. Também tem papel relevante na contenção da erosão do mar.

Comentários

Mais notícias

Casagrande anuncia que comércio vai ficar fechado até 12 de abril

Os comércios classificados como não essenciais vão continuar de portas fechadas até o próximo dia 12 de abril. Durante uma coletiva de imprensa realizada...

Materiais de construção, serviços automotivos e lojas de chocolate poderão funcionar

A partir desta segunda-feira (6), estarão liberados para funcionar as lojas de material de construção e serviços automotivos no horário das 10 às 16...

ES registra segunda morte por coronavírus, diz Casagrande

O Espírito Santo registrou a segunda morte causada pelo novo coronavírus. A informação foi dada pelo governador Renato Casagrande (PSB) durante uma coletiva de...

Covid-19 | Espírito Santo vai receber mais de 9 mil testes rápidos

O Ministério da Saúde iniciou, na quarta-feira (1º), a distribuição dos 500 mil testes rápidos para diagnóstico de coronavírus (Covid-19) no país. Os testes...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem