28.7 C
Serra
segunda-feira, 13 de julho de 2020

Restinga é desmatada entre Praia da Baleia e Manguinhos

Leia também

Com diminuição nos casos e óbitos diários, Serra registrou somente uma morte nas últimas 48 horas

Mesmo com o Espírito Santo ultrapassando a triste marca de duas mil mortes causadas pelo coronavírus no último domingo...

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para...

Opinião TN: O sucesso do governo Bolsonaro

Se tem uma frente em que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está tendo sucesso é a do...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

A degradação está sendo feita pela Prefeitura com autorização do Governo do ES. Foto: Bruno Lyra

Enquanto anuncia obra para engordar praia injetando mais areia na orla, a Prefeitura da Serra está cortando uma das principais barreiras contra a erosão marinha: a restinga. É o que está acontecendo na estreita faixa de terra que separa a rodovia ES-010 do mar entre as praias de Manguinhos e da Baleia, esta última já na região de Jacaraípe.

A ação é visível para quem passa no trecho. Tanto que, no local, antes um dos mais frondosos fragmentos de restinga urbana da Serra, agora é possível enxergar o mar. Algumas árvores até foram poupadas, mas houve corte raso, inclusive deixando o solo completamente exposto. O desmate não poupou nem mesmo algumas aroeiras, espécie típica do ambiente de restinga, considerado por lei como Área de Preservação Permanente (APP).

No entanto, também foram cortadas castanheiras, árvores que não são desse ambiente e, inclusive, podem prejudicá-lo. A reportagem esteve no local na última terça-feira (12) à tarde e conversou com as pessoas que trabalhavam no corte.

Uma delas, que não autorizou a divulgação do nome, disse que o corte está sendo feito a pedido da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Em nota, a Semma informou que “o manejo da restinga foi autorizado pelo Idaf (Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo) e a realização do serviço está sendo monitorado pelas equipes técnicas.

Comentários

Mais notícias

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para uma siderúrgica, está oferecendo vagas...

Opinião TN: O sucesso do governo Bolsonaro

Se tem uma frente em que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está tendo sucesso é a do meio ambiente. Sim, você não...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!