Oposição espera ata para tentar anular eleição de Neidia

0
Oposição espera ata para tentar anular eleição de Neidia
A reeleição de Neidia, após a vereadora mudar de lado, foi o centro da polêmica na sessão do último dia 1°, que também deu posse ao novos vereadores e prefeito. Foto: Clarice Poltronieri

Conceição Nascimento

Vereadores que formam o bloco de oposição na Câmara da Serra, aguardam a ata da sessão de posse e eleição da Mesa Diretora, ocorrida no domingo (1/01), para anexar à ação que será apresentada à Justiça. O objetivo é anular a sessão que reelegeu Neidia Maura (PSD) presidente da Câmara para os próximos dois anos.

A sessão foi marcada por tumulto entre os parlamentares. O motivo da discórdia foi á mudança de última hora no posicionamento de Neidia, que trocou o então grupo de 12 vereadores de oposição pelo grupo aliado ao prefeito.

Segundo Nacib, normalmente a ata das sessões é disponibilizada no site da Câmara. “Fomos informados de que o documento estaria sendo finalizado para publicar no site e vamos requerer que ela disponibilize”, lembrou.

“Estamos aguardando a ata da eleição para o advogado terminar a análise e dar entrada com a ação nos próximos dias. Existem algumas irregularidades na sessão. O setor de Protocolo da Câmara estava fechado para registros de chapas; a assinatura de Neidia consta nas duas chapas inscritas e a condução da eleição feita pelo vereador Alexandre Xambinho (Rede), e não pelo mais votado, Adriano Galinhão (PTC). Queremos a anulação da sessão e que sejam realizadas novas eleições para a Mesa”, disse.

Já a presidente reeleita, Neidia Maura, foi procurada pela reportagem, bem como sua assessoria, mas não atenderam ao celular.

Comissões

Em função do tumulto que se instalou no Plenário da Câmara com a reeleição de Neidia, a escolha dos membros e presidentes das 13 comissões permanentes da Câmara não aconteceu. A sessão foi esvaziada.

Agora, antes da tramitação de qualquer projeto na Casa será necessário eleger as comissões. E isso pode acontecer em sessão extraordinária, já que o prefeito Audifax Barcelos (Rede) deve convocar os vereadores durante o recesso para votar pautas do Executivo.

Comentários