Novo prédio da previdência dos servidores terá energia solar

0

 

Cerca de 80% da energia consumida pelo novo prédio do Instituto de Previdência dos Servidores da Serra (IPS), deverá vir de energia solar. É o que prevê o projeto da instalação de placas fotovoltaicas, que transformam luz do sol em eletricidade, na cobertura do futuro imóvel que vai susbstituir o atual no mesmo terreno, localizado em frente a Prefeitura, na Serra Sede.

Segundo o presidente do IPS, Evilásio de Ângelo, a decisão de adotar a tecnologia se deu tanto por razões econômicas quanto ambientais. “Em dias mais frescos, quando a demanda por ar condicionado for menor, a cobertura da energia solar pode chegar a 100% do consumo”, adianta.

Evilásio acrescenta que o novo prédio terá três andares, garagem no subsolo, acessibilidade para portadores de deficiência e também de obesidade, auditório para 48 pessoas, elevador adaptado para deficientes visuais e auditivos. O custo total da obra será de R$ 3,9 milhões, sendo R$ 200m mil para as placas solares, que terão vida últil de 25 anos. A obra está em fase de licitação e a previsão é que comece no 1º semestre deste ano, sendo concluída em 12 meses.

O IPS é uma autarquia municipal com 2.525 aposentados e 418 pensionistas. Os dados são do presidente do Instituto.    

Comentários