22.3 C
Serra
quinta-feira, 21 de novembro de 2019

“Não descarto ser candidato a prefeito da Serra”, diz Amaro Neto

Leia também

“Vidigal expulsou vereadores do PDT para acomodar o filho na chapa para 2020”, denuncia Fábio Duarte

Após amargar a retirada do seu nome do quadro de filiados do PDT, o vereador Fabio Duarte (sem partido)...

Lideranças partidárias da Serra acham improvável a aliança PDT/Rede/PV/PSB nas eleições 2020

Lideranças partidárias do Espírito Santo acham pouco provável uma aliança entre Rede, PDT, PSB e PV, conforme declarou Ciro...

Capixabas participam da convenção do partido de Bolsonaro, em Brasília

Um grupo de capixabas está em Brasília para participar da primeira convenção do Aliança pelo Brasil, partido do presidente...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Amaro Neto diz que foi sondado pelo PRB para ser candidato na Serra. Foto: Reinaldo Carvalho

O deputado federal eleito Amaro Neto (PRB) está estruturando um escritório em Laranjeiras na Serra. Isso chamou a atenção do mercado político e gerou dúvidas sobre os interesses de Amaro no município. O Tempo Novo entrevistou o deputado, que confirmou o movimento de aproximação com o eleitorado da Serra, disse que não descarta ser candidato a prefeito em 2020 e afirmou que a cidade precisa “oxigenar” as lideranças políticas.

É verdade que o senhor está montando um escritório na Serra, qual é o interesse político?

Comprei uma sala no Shopping MontSerrat. Eu quero economizar em verba parlamentar então não quis alugar com dinheiro público.Como tenho algumas salas comercias, estou montando alguns núcleos para meus assessores.Será um escritório particular que fatalmente vai abrigar algum assessor para despachar e utilizar ele para fazer política e destinar emendas. Estou destinando R$ 100 mil para a Serra em 2019. E como deputado federal vou poder destinar mais no futuro.

Por trás desse movimento haveria algum interesse visando à eleição de 2020?

Não tem nada a ver com sondagem de eleição na Serra, foi uma compra que veio a calhar, já morei na Serra, tenho carinho pela cidade. A população cresceu muito e quer oxigenar a política. Teria sido bom para a cidade se na última eleição outros nomes tivessem surgido, como ocorreu em outros municípios.Na política para oxigenar precisamos de outros nomes.

O que quer dizer com oxigenar a política da Serra?

Fui sondado pelo Roberto Carneiro se eu vislumbrava ser candidato a prefeito da Serra. O PRB tem o pensamento de fazer um trabalho nas principais cidades do Brasil e a Serra faz parte disso. Não descarto ser candidato a prefeito da Serra, bem como em nenhuma outra cidade da Grande Vitória. Pois é aqui que conheço os principais problemas da sociedade. Mas há muita coisa para acontecer primeiro.

O prefeito Audifax não poderá ser candidato e Vidigal pode ficar inelegível. Esse cenário é sedutor sob a perspectiva eleitoral?

Eu não faço política pensando em tomada de poder, entrei para poder ajudar as pessoas. Não tem essa coisa de ser sedutor, acontece que Audifax e Vidigal eram um e depois se dividiram. A Serra merece agora ou uma retomada do Vidigal ou um nome novo para oxigenar, eu não quero me colocar comum nome, quero tomar minha posse como deputado federal, ajudar o Bolsonaro nas medidas que acho importante e a partir de 2019 começar a criar um movimento para ver qual é o melhor caminho para gente. Até 2020 muita coisa vai acontecer.Ninguém imaginava que o Bolsonaro ia ser presidente. O governador Paulo Hartung sempre fala que 3 meses na política é uma eternidade, imagina 2 anos.

Comentários

Mais notícias

Lideranças partidárias da Serra acham improvável a aliança PDT/Rede/PV/PSB nas eleições 2020

Lideranças partidárias do Espírito Santo acham pouco provável uma aliança entre Rede, PDT, PSB e PV, conforme declarou Ciro Gomes, líder do PDT, para...

Capixabas participam da convenção do partido de Bolsonaro, em Brasília

Um grupo de capixabas está em Brasília para participar da primeira convenção do Aliança pelo Brasil, partido do presidente da República, Jair Bolsonaro. O...

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por aí. Esses são os vovôs...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!