25 C
Serra
quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Na missão de vencer o coronavírus, 324 profissionais de saúde da Serra são contaminados

Leia também

Serra poderá ganhar mais uma vaga na Assembleia Legislativa

O resultado da eleição 2020 impactou na composição da Assembleia Legislativa. E com as mudanças a Serra pode alcançar...

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Está em vigor, a partir de hoje (1º), a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que restabelece os prazos...

Matrículas abertas para novos alunos em creches da Serra

A pandemia causada pelo coronavírus fez com que todas as cidades brasileiras suspendessem as aulas presenciais. Mesmo assim, as...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Imagem feita na Base Aérea de Anápolis – Goiás, durante avaliação de brasileiros repatriados. Na Serra, casos subiram de 31 para 33 de ontem para hoje. Foto: Warley de Andrade/TV Brasil

Dos 1.005 casos confirmados da Covid-19 na Serra, 324 são de profissionais da saúde, que trabalham na linha de frente do combate à doença. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde. Ainda segundo as informações, em todo o Espírito Santo, são 1.503 profissionais contaminados.

O TEMPO NOVO apurou que, na grande parte, os registros são de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, mas também há notificações de outros profissionais. Assim como nos casos gerais de coronavírus no município, Colina de Laranjeiras é a comunidade com mais confirmações de profissionais da saúde doentes, 36 registros. Em segundo lugar vem Valparaíso, com 14 confirmações.

Outra informação obtida pela reportagem é que, nos casos da categoria, 248 são de mulheres e 66 de homens. Até o momento, 130 profissionais já foram curados e o restante segue doente. Felizmente, até o momento, nenhum trabalhador da área da saúde perdeu a vida para o coronavírus na Serra, mas houve o registro de uma morte em terras capixabas. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o óbito foi de um morador de Minas Gerais que estava no ES.

Casos gerais na Serra e em outras cidades do ES

Em todo o Espírito Santo, são 5.087 casos confirmados de coronavírus. Desse total, 1.005 são de moradores da Serra. O município também já registrou 65 mortes e é o com mais óbitos no estado. Das confirmações, 335 pessoas já foram curadas.

Ainda segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde, o Espírito Santo registrou 212 mortes e 1.845 curados. O Estado já registra casos de transmissão comunitária da doença, ou seja, quando não há como identificar a origem da contaminação.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Audifômetro: faltam 30 dias para o fim do governo Audifax na Serra
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!