26.6 C
Serra
sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Município faz limpeza em canal para evitar enchentes

Leia também

Prefeitura diz que dinheiro em caixa é maior do que dívida consolidada

A gestão atual da Prefeitura da Serra está prometendo deixar o comando do Município com R$ 485.907.651,01 de dinheiro...

Vidigal define equipe para transição de governo. Veja quem são os escolhidos

Após ser escolhido para ser o prefeito da Serra pelos próximos quatro anos, Sérgio Vidigal (PDT) já montou a...

Vice-prefeito eleito cancela agendas após esposa testar positivo para coronavírus

O vice-prefeito eleito da Serra, Thiago Menezes Carrero (Cidadania), cancelou suas agendas externas para os próximos dias. A decisão...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A limpeza tem o objetivo de prevenir enchente em bairros como José de Anchieta, Central Carapina e Jardim Carapina. Foto: Divulgação Fred Loureiro/PMS

A partir desta quinta-feira (15) tem risco de chuva forte no Espírito Santo e com o objetivo de evitar enchentes na cidade, a Prefeitura da Serra, está fazendo uma limpeza no Canal dos Escravos.

Segundo a Prefeitura, técnicos da Defesa Civil e equipes de limpeza da Secretaria de Serviços (Sese) estão atuando no Canal, retirando galhos de árvores, troncos podres e outros detritos que se acumulam nas margens e diminuem a vazão no curso d’água, favorecendo a ocorrência de enchentes. A limpeza ajuda a evitar enchentes nos bairros José de Anchieta, Central Carapina e Jardim Carapina. 

Por ser local de difícil acesso, todo o trabalho no Canal dos Escravos é feito com ferramentas manuais, sendo necessário o uso de embarcação para levar a equipe aos locais de limpeza e para auxiliar no corte de galhos que crescem em direção ao curso do canal.

O secretário de Defesa Social, Nylton Rodrigues, destaca que os trabalhos preventivos da Defesa Civil são fundamentais para evitar ocorrências durante eventos climáticos. “A atuação emergencial é apenas parte dos trabalhos realizados pela Defesa Civil. Diariamente, os técnicos estão em campo monitorando a situação de encostas, dos córregos e dos canais, tomando medidas preventivas que minimizam os efeitos das fortes chuvas”.

De acordo com o diretor da Defesa Civil da Serra, Antônio Carlos Barbosa Coutinho, pelo fato de o canal contribuir para escoar a água da chuva, é importante monitorar a área e executar desobstruções assim que surgirem sinais de assoreamento.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!