Engarramentos viram rotina na rodovia Norte Sul

0
O cruzamento com a Eduardo Campos, que dá acesso à ArcelorMittal Tubarão, é um dos pontos críticos da via. Foto: Fábio Barcelos
O cruzamento com a Eduardo Campos, que dá acesso à ArcelorMittal Tubarão, é um dos pontos críticos da via. Foto: Fábio Barcelos

Por Clarice Poltronieri

Quem segue da Serra para Vitória nos horários de pico pela Norte x Sul já sabe: vai precisar de muita paciência.  É que o trânsito no trecho entre Jardim Limoeiro e o Terminal de Carapina é cada vez pior, especialmente no entroncamento com a avenida de acesso ao portão da ArcelorMittal Tubarão. A boa notícia é que um projeto de mudança viária para ajudar o trânsito a fluir pode sair do papel ainda este ano.

A moradora de Laranjeiras, Nancy Ibañez, passa de carro diariamente no trecho. “Saio de Laranjeiras às 7h10 e levo mais de uma hora para chegar à faculdade, em Jardim Camburi. Isso porque fujo passando por dentro de Jardim Limoeiro e tem guardas de trânsito no local, o que ajuda na fluidez do tráfego. À noite, fora da hora do ‘rush’ levo de 15 a 20 minutos para fazer o mesmo trajeto”, compara.

“Trabalho no Centro, em Vitória, e entro às 8h. Quando saio de Laranjeiras tem que ser antes das 6h20, senão me atraso. E pela ES-010 o trânsito é pior que pela BR”, relata Vander Antônio Costa.

Agente de trânsito que trabalha no local, Nilton Moura, disse que o gargalo é maior no início da manhã. “Pela manhã o fluxo é maior, então são de seis a oito agentes de trânsito. Ficamos das 6h às 8h30, orientando o fluxo nos dois sentidos. Já no período da tarde, a demanda é menor e são de quatro a seis agentes no sentido Serra X Vitória”, detalha.

O secretário de Desenvolvimento Urbano da Serra, Silas Maza, disse o município tem um projeto de revitalização da Norte x Sul para reduzir os engarrafamentos no trecho. Os recursos virão do Governo estadual. “Assinamos o convênio em dezembro de 2014, mas já tivemos duas reuniões com a equipe do Governo atual e o recurso para as intervenções devem ser liberados ainda no 1º semestre”, frisa.

 Mão única e ciclofaixa em Jardim Limoeiro

Segundo Silas o trecho da Norte x Sul entre a Eduardo Gomes (que liga a ArcelorMittal à BR 101) e o cruzamento com a ES 010, passará a ser mão única, assim como a avenida Lourival Nunes. Tudo isso em Jardim Limoeiro.

“Na Norte Sul, sentido Laranjeiras, o trânsito terá mão única, excluindo-se o canteiro central. No sentido inverso, na altura da Cesan, a via segue pela Lourival Nunes, que sofrerá alterações na sua estrutura”, detalhou Maza.

Quando o projeto foi anunciado em outubro de 2014, também foi previsto ciclofaixa no lugar do canteiro central da Norte x Sul no trecho citado, travessias para pedestres e sinalização e marcação de estacionamentos nas ruas secundárias de Jardim Limoeiro e São Diogo.

Já na Brigadeiro Eduardo Gomes, serão implantados novos semáforos e, de lá até o Bairro de Fátima, não terá mudanças ainda em função da saída do Terminal de Carapina. Há também uma discussão em curso para abrir um acesso para a BR 101, na altura da UPA Carapina.

 

 

 

 

Comentários