23.6 C
Serra
sexta-feira, 03 de julho de 2020

Moradora da Serra tem redução de 90% na conta de luz- saiba se sua cobrança também está errada

Leia também

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Consumidora (foto), teve redução de 90% na conta de luz.

Imagine você chegar na sua residência, abrir a caixa de correspondências e se deparar com uma conta de energia no valor de R$ 487. Pois foi isso que aconteceu com a Eliane Pereira, de Boa Vista. Após o grande susto, a moradora entrou com um denúncia no Procon contra a EDP Espírito Santo – que assumiu o erro na leitura do relógio e diminui sua conta para R$ 58.

Assim como Eliane, muitos outros moradores da Serra estão denunciando que suas contas de energia estão subindo com valores exorbitantes – em comparação a meses anteriores. Para se ter uma ideia do aumento, em outubro de 2018, Eliane pagou R$ 98 de energia elétrica. Já em outubro deste ano, a consumidora recebeu a conta no valor de R$ 487, algo em torno de 400% a mais em um intervalo de 12 meses.

Para o TEMPO NOVO, a moradora disse que decidiu não pagar a conta e procurar seus direitos. Ele fez uma denúncia junto ao deputado estadual Vandinho Leite (PSDB) durante uma das reuniões que o parlamentar vem fazendo nas comunidades da Serra, do qual orienta a população sobre “desvios e abusos” da EDP.

+ 170 mil no ES podem ter desconto de até 65% na conta de luz, e não sabem disso – veja se você é um deles

A denúncia então foi encaminhada para o Procon que questionou a EDP sobre o aumento abusivo. Com isso, a concessionária reconheceu que a leitura do relógio estava equivocada e reduziu a conta em mais de 90%.

“A minha comunidade foi informada pelo deputado que as mudanças feitas pela EDP nos relógios estariam encarecendo ainda mais as nossas contas. Com isso eu mostrei a minha denúncia e eles me ajudaram a acionar o Procon. Depois a EDP pegou e abaixou a conta e disse que realmente tinha erro na leitura”, disse.

A moradora da Serra ainda afirma que os consumidores não tem condição de pagar as contas caras que estão chegando. “Eu acredito que eles fizerem um serviço que ao invés de trazer beneficio para a população, não trouxe. Essa troca de relógio só fez a energia ficar mais cara. A gente não tem condição de pagar uma conta dessas”, relata.

Ainda segundo Eliane, a conta do mês de novembro veio com um valor bem alto – cerca de R$ 180. “Irei recorrer novamente no Procon porque a conta voltou a vir alta novamente. Já é mais um problema pra gente resolver”, disse.

“Não saiam pagando contas abusivas, me procurem”, diz deputado

Vandinho está a frente dos trabalhos da Assembleia Legislativa que investigam irregularidades/fraudes na conta de luz. Foto: Divulgação

Desde que assumiu o mandato em fevereiro desse ano, o parlamentar começou um movimento intitulado #TodosContraEDP, que questiona os valores cobrados pela empresa na conta de luz. Além disso, fez denúncias na Polícia Federal, Ministério Público e na Polícia Civil, do qual acusa a empresa de fraude na conta de luz. Denúncias que a EDP nega.

Vandinho orienta a população em caso de dúvida, procurá-lo: “Não saiam pagando contas abusivas, me procurem. Pode ser pelas redes sociais, indo no meu gabinete na Assembleia, ou nas reuniões que faço nos bairros. Toda semana tem. Oriento as pessoas a procurar seus direitos, e dou suporte jurídico com apoio da Defensoria Pública e do Procon, pois já está provado que a EDP comete irregularidades na conta de luz, e penaliza a população”, disse.

EDP diz que falha foi pontual na tomada de leitura 

O TEMPO NOVO entrou em contato com a EDP que disse por meio de nota que foi registrada uma falha pontual na tomada de leitura, já solucionada. Disse ainda que a atua de forma preventiva para identificar causas das solicitações registradas por seus clientes, visando reduzi-las por meio de melhorias em seu processo de prestação de serviços.
“A empresa reforça que analisa e responde todas as demanda recebidas por meio do Procon, de acordo com as regras e normas regulatórias da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). No caso da Sra. Eliane Pereira, foi registrada uma falha pontual na tomada de leitura, já solucionada”, disse a empresa na nota.
Comentários

Mais notícias

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de oito mil moradores infectados e...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!