25.4 C
Serra
terça-feira, 14 de julho de 2020

Na cruzada contra EDP, Vandinho acusa empresa de “assaltar” capixaba

Leia também

Obra de urbanização da orla de Bicanga deve ser entregue em outubro, diz Prefeitura

As obras de urbanização da orla de Bicanga devem ser entregues em outubro, segundo a Prefeitura da Serra. O...

Pastor de igreja da Serra morre por causa da Covid-19

Uma das duas vítimas da Serra que perderam a batalha contra o coronavírus na última segunda-feira (13) foi o...

Em meio à pandemia, passageiros são obrigados a enfrentar ônibus superlotados na Grande Vitória

Evitar aglomerações, principalmente em ambiente fechados, é uma das principais recomendações das autoridades para frear a proliferação do coronavírus....
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

O deputado estadual Vandinho Leite cobra explicação por parte da empresa sobre o aumento na conta de energia. Foto: Divulgação 

Na sexta-feira passada (15) foi comemorado o Dia do Consumidor. Mas alguém tem motivos para celebrar, especialmente ao olhar a conta de energia? É reclamação recorrente no Pronco-ES sobre cobranças abusivas pela EDP. Nesta campanha, está o deputado Vandinho Leite (PSDB), vice presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa.

O parlamentar que tem domicílio eleitoral na Serra, cobra explicação por parte da empresa sobre o aumento na conta de energia, e aponta abusos da empresa, classificando como “assalto” e “roubo” aos capixabas. Em audiência pública proposta por ele no fim de fevereiro, foi cobrado que a EDP anexe na conta de energia fotos do medidor para comprovar os valores consumidos.

“Na Audiência Pública, a EDP, falou, falou, falou, mas não explicou. O povo está cansado de ser enganado com explicações fajutas. Queremos respostas diretas e proposições para os altos valores nas contas de energia”, afirma Vandinho.

Além disso o deputado quer explicação por parte da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) sobre fiscalização na EDP.
“Quero saber da ANEEL, como fiscalizar a EDP? Tem saber se a empresa está fazendo uma cobrança justa”.

Na sexta-feira, Vandinho circulou por residências de moradores da Serra que fizeram denúncias contra a EDP em seu gabinete. “Estive por exemplo na casa de Miquéias Silva, morador de Jardim Carapina, um absurdo o que acontece com ele, veja só: em fevereiro de 2018, a conta de energia dele marcava 130 kWh de consumo, e ele pagou naquele mês R$ 135 reais. Um anos depois, em fevereiro desse ano, a EDP diz que ele consumiu 489 kWh e a conta pulou para R$ 515 reais.Mais de 400% de aumento. Fiquei indignado com a sua situação. É meu dever combater este tipo de assalto”, dispara o deputado.

Ainda na última sexta feira, o Procon-ES divulgou a lista das empresas com maiores taxas de reclamações em 2018. A EDP ficou em segundo, atrás apenas de uma empresa de telefonia.

A reportagem procurou a empresa para se posicionar sobre o tema e rebater o posicionamento do deputado estadual Vandinho Leite e a EDP se limitou a dizer por meio de nota que o número total de reclamações recebidas pelo Procon ES relacionadas à empresa caiu 46% entre 2017 e 2018.

A EDP disse ainda que busca “a excelência no atendimento aos seus clientes e, no último ano, investiu mais de R$ 300 milhões na ampliação, modernização e manutenção da rede elétrica no Estado”. A empresa também garante que criou ferramentas para facilitar a comunicação com seus consumidores.

A EDP não citou e nem respondeu as acusações do deputado Vandinho Leite na nota enviada para a reportagem. 

Comentários

Mais notícias

Pastor de igreja da Serra morre por causa da Covid-19

Uma das duas vítimas da Serra que perderam a batalha contra o coronavírus na última segunda-feira (13) foi o pastor Derly da Silva. O...

Em meio à pandemia, passageiros são obrigados a enfrentar ônibus superlotados na Grande Vitória

Evitar aglomerações, principalmente em ambiente fechados, é uma das principais recomendações das autoridades para frear a proliferação do coronavírus. Mas para o trabalhador que...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!