• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
30.2 C
Serra
sexta-feira, 22 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Morador de Limoeiro cobra capina e recolocação de abrigo de ônibus em frente a condomínio

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Situação do ponto de ônibus e do mato da Travessa Antônio Francisco Vecci. Foto: Divulgação

Pegar ônibus já não é agradável para muitas pessoas, agora imagine esperar no ponto de ônibus sem abrigo e nenhuma proteção contra sol ou chuva? E se além desse problema o ponto de ônibus ficar numa rua que está totalmente tomada por mato? É com esta situação que moradores de Jardim Limoeiro estão tendo que conviver diariamente.

O problema acontece na Travessa Antônio Francisco Vecci, em frente aos condomínios Parque dos Pássaros. “Depois de três anos, retiraram um ponto em frente ao condomínio em que resido, no mês de dezembro, mas, não retiraram o outro, e até agora, não recolocaram, deixaram apenas um banco isolado. Outra coisa, a Travessa Antônio F. Vecci, em que se situa o  Residencial, está muito suja, e com matos muito altos, o que facilita a ação de bandidos”, denuncia o morador Denilson Magalhães Gomes.

O abrigo de ônibus em questão foi avariado depois que um veículo fez uma manobra e bateu no equipamento público.

Em frente ao Parque dos Pássaros tem um terreno enorme que possui alguns comércios, parte do terreno está limpo e a outra parte está tomado por mato. Ao longo da rua, o mato também toma conta de um lado da rua, fazendo com que muitas vezes, o pedestres se arrisquem, tendo que andar no meio da rua, por não ter como acessar o passeio.

O TEMPO NOVO procurou a Prefeitura da Serra para saber se há previsão de recolocar o abrigo de ônibus no local e também se há agenda já prevista para uma capina no local.

Por meio de nota, a Prefeitura não deu prazo para resolver nenhum dos dois problemas. Disse que “A Secretaria de Serviços da Prefeitura da Serra deu início ao programa “Serra Cidade Limpa e Saudável”, que inclui capina, poda de árvores e coleta de móveis em desuso, entre outros serviços essenciais para a limpeza e segurança do município. O programa vai atender a todos os bairros. Além disso, está em andamento uma avaliação global de todas as necessidades, verificação dos contratos de prestação de serviços à população”.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!