• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.308 casos
  • 701 mortes
  • 33.807 curados
26.6 C
Serra
sábado, 23 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.308 casos
  • 701 mortes
  • 33.807 curados

Menina de 5 anos morre após ser espancada e padrasto é preso na Serra

Leia também

Serra ultrapassa as 700 mortes por coronavírus e já registra 35.308 casos

A Serra já registra mais de 35.308 casos confirmados e 701 mortes causadas pelo coronavírus. As informações foram divulgadas...

ES vai receber 35,5 mil doses da vacina exportada da Índia e menos de 2 mil serão da Serra

Após fracassadas tentativas de trazer a vacina de Oxford ao Brasil, o governo federal conseguiu viabilizar, juntamente com a...

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O padrasto, acusado de ter espancado a menina, já foi preso pela Polícia Civil. Foto: Agência Brasil

Uma menina de cinco anos morreu após ser espancada na Serra. O crime aconteceu no final da tarde da última segunda-feira (19) e o principal suspeito de ter cometido o ato é o padrasto da vítima, que possui 35 anos, e já foi preso pela Polícia Civil. A vítima foi identificada como Aghata Vitória Santos Godinho.

Segundo informações apuradas pelo TEMPO NOVO, a menina teria sido espancada no bairro Cidade Nova da Serra. Após o ocorrido, ela foi socorrida por uma equipe da Eco101 – concessionária que administra a BR-101 – com hematomas na barriga, no abdômen, nas mãos e na cabeça.

No momento da agressão, a mãe da menina, de 23 anos, teria saído de casa para ir até a autoescola para dar continuidade no seu curso de habilitação, isso por volta das 14 horas. Pouco tempo depois, ela recebeu uma ligação de sua irmã dizendo que a criança estava desacordada.

Assim que chegou em casa, por volta das 18 horas, a mulher e o homem – acusado da agressão – levaram a vítima até o posto de apoio da Eco101. Segundo informações, ele teria afirmado que a menina passou mal vomitando e pediu para ir dormir após o almoço. Desconfiando da situação, os socorristas chamaram a Polícia Militar, que foi até o local.

Após a menina ser encaminhada para o Departamento Médico Legal (DML), já estando morta, os peritos constataram muitos machucados pelo corpo, com sinais de espancamento. Todos foram encaminhados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Padrasto preso 

Segundo informações divulgadas pela Polícia Civil, o acusado de ter espancado a criança foi questionado pela polícia, mas preferiu ficar calado durante todo o depoimento. A polícia ainda afirma que ele foi autuado em flagrante por homicídio por ter ficado em casa sozinho com a criança e será encaminhado para o Centro de Triagem de Viana. O caso segue sendo investigado

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!