19.8 C
Serra
quinta-feira, 21 outubro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Mega-TBT da Serra: fotos de mais de 100 anos da cidade, como era e como está!

Leia também

Investimento de R$ 9 milhões | Casagrande entrega 94 novas viaturas à Polícia Militar

O governador do Estado, Renato Casagrande, realizou, na manhã desta quinta-feira (21), a entrega de 94 novas viaturas à...

Sexta Cultural da Elemento 9 vai levar rap, skate e muita dança de rua à Barcelona

A praça dos Ipês do bairro Barcelona, na Serra, vai ser palco neste fim de semana da Sexta Cultural...

Serra abre mais de 18 mil vagas para 1ª, 2ª e 3ª doses contra a Covid-19 nesta quinta

Nesta quinta-feira (21), às 18 horas, a Prefeitura da Serra vai disponibilizar 18.145 vagas para pessoas que queiram se...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Hoje (07) é quinta-feira, dia de #TBT para lembrar e conhecer um pouco mais da história da Serra. Hoje a cidade é a maior do Es em população, são 540 mil serranos, segundo a última estimativa do IBGE. Mas nem sempre foi assim. Na verdade, até a década de 70, a Serra era uma cidade pequena e rural.

Trouxemos um TBT especial, baseado no livro de Paulo de Barros, chamado memória fotográfica da Serra. Que faz um compilado de fotografias datadas de mais de 100 anos. São relíquias que o TN traz aqui para vocês conhecerem:

BR-101

Foto 01 – A vista, tomada nas proximidades da entrada da Serra Sede em direção à Vitória, apresenta-nos um pouco do traçado original da estrada Serra à Vitória. À direita, vê-se a região que originou o atual Bairro Vista da Serra II. Ao fundo, vê-se parte do Monte Mestre Álvaro. À esquerda, ao meio, é a região do atual Bairro Planalto Serrano. Ao fundo, na área mais alta, estão os atuais Bairros Campinho da Serra I e II.

Foto 02 – A estrada rodoviária Serra à Vitória, iniciada em 1922 e inaugurada em 1923, contou com a participação de presidiários. O trajeto original passava pelos Bairros Boa Vista, Carapina Grande, Jardim Tropical, José de Anchieta e Laranjeiras Velha – praticamente de forma paralela a atual estrada. Isso até a década de 50, quando foi retificada de forma a dar suporte a antiga BR-5, hoje BR-101.


 

NOVA ALMEIDA

Foto 03 – Esta vista, tomada nas proximidades da região onde se encontra a atual ponte que une Nova Almeida e Praia Grande, registra de forma eficaz o antigo desenho do Rio Reis Magos. Toda a região do rio vista na fotografia sofreu aterro na década de 50 para o alargamento da via beira mar.

Foto 04 – A Igreja dos Reis Magos é uma das principais expressões da arquitetura jesuítica do início do século XVII. Sua edificação data de 1615 e o seu conjunto arquitetônico é dividido, pela torre, entre igreja e colégio. Foi um importante centro de catequização de índios, bem como de fundamental importância para colonização do ES. Nessa época, Nova Almeida era uma cidade separada da Serra, e a sede era a Igreja.


Serra Sede

Foto 05 – A fotografia foi tirada por ocasião da inauguração do recém-construído prédio-, iniciado em 1905 – situado onde é a atual praça, que também leva o nome do antigo proprietário, João Miguel. Sendo uma das mais representativas edificações do inicio do século XX, era considerada um aspecto moderno da cidade. À direita, encontra-se o casarão do século XIX que abriga a atual Casa do Congo Mestre Antônio Rosa, em Serra Sede.

Foto 06 – Esta vista, tomada do sentido da atual Praça João Miguel em direção das também atuais Avenida Getulio Vargas e Praça Barbosa Leão, em Serra Sede. As transformações nessa rua, que se iniciaram em 1936/37, foram as primeiras mudanças efetivas do desenho urbano que originou o que, hoje, é o traçado da cidade. À direita, ao fundo, podemos ver parte da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. À direita, em segundo plano, logo após a árvore, podemos observar o pilar de mais um chafariz responsável pelo abastecimento de água da população daquela rua.

 

Foto 07 – Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. Datada do século XVIII, a Igreja constitui-se num marco da passagem da Serra à categoria de freguesia, fato que se deu em Carta Régia, de 24 de março de 1752, e que, no entanto, somente em 1769 foi executada com o final da edificação dessa igreja, concretizando, assim, não só a execução da lei, mas também o desmembramento da, então, Freguesia da Serra e da Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Vitória, atual município de Vitória.


QUEIMADO

 

Foto 08 – A fotografia – registro de alto valor para a iconografia e história de todo o ES – permite visualizar o traçado urbano da Freguesia de São José do Queimado, bem como os aspectos gerais da sua topografia – cenário da Insurreição do Queimado, datada de 19 de março de 1849, o levante de escravos já comemora mais de cento e cinqüenta anos – A Freguesia foi criada pela lei provincial n° 9 de 1846 e pertenceu ao Município de Vitória até o ano de 1943, quando, pelo decreto n° 15.177, foi anexado ao Município da Serra.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!