19 C
Serra
sábado, 08 de agosto de 2020

Materiais de combate a incêndios florestais na Serra estão sem uso

Leia também

Sítios do agroturismo da Serra voltam a funcionar aos fins de semana

Quer fugir da agitação dos grandes centros e curtir o fim de semana de uma maneira tranquila e diferente?...

Na véspera do Dia dos Pais, todo o comércio pode funcionar normalmente na Serra | Veja os horários

Neste sábado (8), véspera do Dia dos Pais, todo o comércio pode funcionar normalmente na Serra e em toda...

Alternativo comemora Dia dos Pais e do Estudante com ação em sistema drive-thru no sábado

Neste sábado (8) – véspera de Dia dos Pais – a Rede Alternativo de Ensino vai fazer a ação...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Os equipamentos estão encaixotados desde 2019 e sem uso. Foto: Divulgação

Equipamentos de combate à incêndios florestais comprados pela Prefeitura da Serra para a formação de uma brigada de Bombeiros Voluntários estão sem utilização. A denúncia é de ativistas ambientais que atuam no município.

Sob a condição de não terem o nome divulgado, esses ativistas disseram que o material está embalado em caixas há um ano na sede da Área de Proteção Ambiental (APA) do Mestre Álvaro.

“Foi comprado ano passado para a Brigada de Incêndio. Tem todo o equipamento e o que ficou faltando foi o treinamento do pessoal e o uniforme, uma calça, camisa e bota. Isto é uma promessa antiga da Secretaria de Meio Ambiente e até hoje só esperamos e nada é feito. Se é para ficar equipamento parado doa então para o Corpo de Bombeiros”, disse um dos ativistas ouvidos pela reportagem.

Outro ativista que também conversou com Tempo Novo, disse ainda que nas caixas há lanternas, bombas costais, capacetes, facão, enxadão, máscara, luva, entre outros materiais.

+ Serra terá bombeiros voluntários contra incêndios florestais

Quando acontecem incêndios em áreas de preservação da cidade, principalmente no Mestre Álvaro, além do Bombeiros Militares diversos ativistas se arriscam para tentar combater as chamas. São esses últimos que vêm pedindo, há anos, para receberem materiais e treinamento para aprimorarem o apoio aos Bombeiros Militares no combate a esses incêndios.

Parte do material que esta na Apa Mestre Álvaro. Foto: Divulgação

Promessa antiga e jogo de empurra
Em 2015, foi anunciado que a Serra teria bombeiros voluntários para atuar contra princípios de incêndios. O TEMPO NOVO noticiou em novembro do mesmo ano a iniciativa que até hoje (1) não foi concretizada. A Brigada de Incêndio Voluntária da Grande Vitória seguiria experiências semelhantes já realizadas nos municípios de Santa Teresa e Santa Maria de Jetibá.

O objetivo do projeto era capacitar e certificar voluntários nas ações de prevenção e combate a princípios de incêndios nas Áreas de Proteção Ambiental (APA’s) da Serra. O Corpo de Bombeiros faria o treinamento desses voluntários, quando os equipamentos fossem comprados.

Através da assessoria de imprensa, a Prefeitura da Serra disse que de acordo com a legislação estadual, as brigadas municipais são voltadas para municípios com menos de 23.000 habitantes, o que não é o caso da cidade.

A Prefeitura argumenta que essa atribuição é estadual, por meio do Corpo de Bombeiros Militar. Também disse que a Secretaria de Meio Ambiente adquiriu equipamentos de proteção individual (EPI) e equipamentos de combate a incêndio, que estão disponibilizados na APA Mestre Álvaro para uso do Corpo de Bombeiros e voluntários orientados por eles no combate a incêndio.

Também pela assessoria de imprensa, o Corpo de Bombeiros rebateu o argumento da prefeitura da Serra. Disse que ela é quem deve cuidar da formação da brigada voluntária.

Em 2015, na época em que foi anunciada a intenção de criar a Brigada, representantes do Corpo de Bombeiros disseram que a instituição estaria a disposição para dar o treinamento dos voluntários.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Na véspera do Dia dos Pais, todo o comércio pode funcionar normalmente na Serra | Veja os horários

Neste sábado (8), véspera do Dia dos Pais, todo o comércio pode funcionar normalmente na Serra e em toda a Grande Vitória. No município,...

Alternativo comemora Dia dos Pais e do Estudante com ação em sistema drive-thru no sábado

Neste sábado (8) – véspera de Dia dos Pais – a Rede Alternativo de Ensino vai fazer a ação Drive-Thru da Família na Escola,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!