26 C
Serra
segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Serra terá bombeiros voluntários contra incêndios florestais

Leia também

Empresas abrem 203 novas vagas de emprego com preferência para moradores da Serra

Com oportunidades para diversas profissões, a semana começa com 203 novas vagas de emprego no Sine da Serra. As...

Perseguição acaba com tiroteio entre policiais e bandido na Serra

A noite do último sábado (19) terminou com um tiroteio em Cidade Pomar, na Serra. Tudo começou quando policiais...

Sítio Histórico de Queimado é palco para casamento de serranos

No último sábado (19), Charle Nunes, secretário-adjunto de agricultura da Serra, casou-se no estilo elopement wedding com a arquiteta...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Representantes do poder público com os ativistas articuladores da iniciativa. Foto: Divulgação
Representantes do poder público com os ativistas articuladores da iniciativa. Foto: Divulgação

Por Ana Paula Bonelli

A Serra terá bombeiros voluntários contra incêndios florestais. Trata-se da primeira Brigada de Incêndio Voluntária do Grande Vitória. Os municípios de Santa Teresa e Santa Maria de Jetibá, nas montanhas capixabas, já tiveram experiências semelhantes.

O objetivo do projeto é capacitar e certificar voluntários nas ações de prevenção e combate a princípios de incêndios nas áreas de Proteção Ambiental da Serra. Segundo o representante do GPAMA (Grupo de Proteção Ambiental Mestre Álvaro), Rodrigo Roger, a ideia surgiu por conta da quantidade de incêndios que acontecem no Mestre Álvaro. “O morro da Cavada e do Vilante também sofrem constantemente com fogo. Nosso objetivo é monitorar estas áreas de proteção 24 horas por dia. Já fazemos isto hoje, mas com a Brigada teremos apoio do Corpo dos Bombeiros, da Defesa Civil e da Secretaria do Meio Ambiente”, frisa Rodrigo.

Incêndio nas matas do entorno do sítio histórico de São João de Carapina. Foto: Arquivo TN / Bruno Lyra
Incêndio nas matas do entorno do sítio histórico de São João de Carapina. Foto: Arquivo TN / Bruno Lyra

Outro ativista que está a frente do projeto é Edson Reis do grupo Amigos do Mestre Álvaro. “Já atuamos como voluntários há quase quinze anos para preservar o meio ambiente da cidade. Com a Brigada teremos suporte para fazer um trabalho com mais intensidade e o município tem visto a ideia com muito carinho, por ser muito importante para a cidade”, observa.

Do Corpo de Bombeiros, o comandante Natanael Silva de Oliveira da 3ª Companhia do 1º Batalhão da Serra, destaca a importância da iniciativa. “A primeira turma será de vinte voluntários, mas nosso objetivo é aumentar este número no futuro. Precisamos fazer com que a comunidade tenha consciência e que entenda que a prevenção é muito importante. A maioria das vezes em que há fogo nestes locais é provocado – alguém que fez uma fogueira, ou ateou fogo para  limpar o terreno próximo a mata”, explica.

O comandante disse ainda que os integrantes da Brigada passarão por um treinamento que será ministrado pelo Corpo de Bombeiros. “Para começarmos esta capacitação, vamos precisar dos equipamentos. Quando estes estiverem disponíveis o curso começa e eles estarão aptos para a função”, declara.

O ativista Edson Reis combatendo fogo no morro do Vilante. Foto: Divulgação
O ativista Edson Reis combatendo fogo no morro do Vilante. Foto: Divulgação

A secretária de Meio Ambiente da Serra Andreia Carvalho disse que o projeto é muito importante para o município. “Estamos empenhados e muito animados com a Brigada”.

Segundo o ativista do GPMA Rodrigo Roger, a compra dos equipamentos para os bombeiros voluntários ficará a cargo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Serra (Semma).

Por meio da assessoria de comunicação a  Semma disse que os procedimentos administrativos estão sendo iniciados para que os equipamentos sejam adquiridos no começo de 2016.

 

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Perseguição acaba com tiroteio entre policiais e bandido na Serra

A noite do último sábado (19) terminou com um tiroteio em Cidade Pomar, na Serra. Tudo começou quando policiais realizavam um patrulhamento preventivo pela...

Sítio Histórico de Queimado é palco para casamento de serranos

No último sábado (19), Charle Nunes, secretário-adjunto de agricultura da Serra, casou-se no estilo elopement wedding com a arquiteta Jade Sodré. O palco da união...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!